quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Michael Jackson



Um menino cheio de talento, com um pai severo, que de modo certo ou errado, o levou a praticar sem descanso até atingir a perfeição.


Segundo Dr. Penna Ribas,” encarnamos num círculo duma mesma família, Espíritos afins, amigos de outrora, que se comprometeram a prestar mútuo auxílio nas provações necessárias à evolução espiritual; e Espíritos inimigos, comprometidos, não raro, em graves crimes, no passado".

Com o tempo, a rebeldia do filho ou a intolerância do pai acabaram vinda à tona. Pelo que sabemos o menino Michael, sofreu com os maus tratos desse pai, intolerante e exigente.

Dotado de extremo talento, seu sucesso era inevitável. .

Michael, também tinha uma saúde frágil, precisava tomar remédios fortes para suportar a dor de uma doença violenta.

Nos espantamos em ver toda a transformação física que sofreu, parece que queria mudar o que via no espelho, ser outra pessoa.

Nós simples mortais, não entendemos como uma pessoa que aparentemente tem tudo, pode ser tão infeliz, tão só.
 
TALENTO


O Aurélio: "Dom natural ou a adquirir". A Bíblia designa como bens materiais, não confundindo com dons (Mt 18.24; Lc 20.46). As tendências ou talentos nascem com o indivíduo (talento musical, por exemplo) por herança genética, isto é, transmissão dos caracteres hereditários. O Espiritismo ensina que esses talentos justificam-se em razão de vidas passadas, isto é, porque o espírito da pessoa passou por outras existências corpóreas e de lá trouxe boas experiências
Será que sabemos quando e como vamos morrer?


Geralmente essas percepções do futuro são um aviso, uma advertência que algo  poderá acontecer e que as coisas ficarão piores se não houver uma mudança de rumo.
 
Kardec diferencia uma profecia de um pressentimento (também chamado de premonição). Segundo o codificador da doutrina espírita, “O pressentimento é uma intuição vaga das coisas futuras. Algumas pessoas têm essa faculdade mais ou menos desenvolvida. Pode ser devida a uma espécie de dupla vista, que lhes permite entrever as conseqüências das coisas atuais e a filiação dos acontecimentos. Mas, muitas vezes, também é resultado de comunicações ocultas e, sobretudo neste caso, é que se pode dar aos que dela são dotados o nome de médiuns de pressentimentos, que constituem uma variedade dos médiuns inspirados” – O Livro dos Médiuns. Conforme nos orientou Kardec, o pressentimento é mais um aviso de caráter pessoal, muitas vezes, uma inspiração que o espírito protetor da pessoa transmite a fim de guiá-la em sua tarefa no plano físico.


Michael Jackson, teve a intuição do que iria acontecer?


Li em uma entrevista publicada pelo site Ego que: Lisa Marie Presley publicou em sua página no site MySpace um texto em homenagem ao cantor Michael Jackson, com quem foi casada. A filha do cantor Elvis Presley disse que Michael sabia como iria morrer: "Ele sabia. Anos atrás, eu e Michael estávamos tendo uma conversa profunda sobre a vida em geral. Não me lembro da conversa exatamente, mas ele estava me questionando sobre a morte do meu pai. Em um momento ele me parou, me olhou intensamente e disse com muita certeza: 'Tenho medo de acabar como ele, do mesmo jeito que ele'", escreveu.


E a música que ele escreveu, seria pressentimento?


Há 12 anos, Michael Jackson lançou uma música chamada "Morphine" (morfina), que foi incluída no álbum de remixes "Blood on the dance floor - HIStory in the Mix".

O refrão diz:

"Relaxe, isso não irá machucá-lo

Antes que eu injete isso em você

Feche os seus olhos e conte até dez

Não há necessidade de se sentir desencorajado

Feche os olhos e flutue para longe

Demerol, Demerol

Oh, Deus, ele está tomando Demerol

Demerol, Demerol

Oh, Deus, ele está tomando Demerol"

O Modo de sua morte, seu espírito já sabia?

A música acima levanta essa suspeita, mesmo que inconscientemente ele já sabia.

Site Ego

As principais suspeitas acerca da morte de Michael Jackson apontam para o abuso de remédios, principalmente analgésicos. Mas, ao que parece, o astro já esteve à beira da morte pelo mesmo motivo, em outra ocasião.

O site do jornal inglês Daily Mail publicou uma entrevista com um médico, não identificado pela publicação, que alega ter atendido  o cantor em 29 de dezembro de 2003, após Michael ter entrado em colapso por overdose de morfina.

Brincadeira ou pressentimento?


Outra notícia que li e que me deixou pensativa a respeito foi que ele, Michael, tinha mania de brincar com as crianças, filhos do cantor, de morto. E a sua morte se deu da forma que brincava. Será isso também uma informação que o seu espírito já sabia?
 
 
Site Ego


Uma fonte do jornal, que trabalhava para Michael disse:  ele costumava brincar de se fingir de morto com as crianças para depois dar um susto nelas.
          Mas dessa vez, o susto foi de verdade.
"Quando eles viram a ambulância chegar, isso os abalou. As crianças ficaram apavoradas e começaram a chorar", contou a fonte.

O motivo pelo qual ele não conseguiu mudar seu destino, nós não sabemos. Mas vemos que durante a vida temos muitas premunições e nem sempre percebemos ou damos importância.


Ele não é o único!!

Nenhum comentário: