sexta-feira, 9 de outubro de 2009

O Telefone Toca de Lá para Cá......




Você acredita em mensagens psicografadas???
Eu acredito! 

Alguns anos atrás eu fui a um Centro Espírita no Rio de Janeiro, e fiquei impressionada com que vi e ouvi. Uma Senhora bem idosa, de nome Célia, psicografava. Ela citava nomes, endereços e telefones. Nunca vi uma coisa assim. Os espíritos se comunicavam com ela e davam detalhes, nomes de parentes, contavam casos, coisas que só a pessoa poderia saber.
Certa vez,  dona Célia lia as mensagens recebidas  e de repente parou, disse que havia um espírito que acabara de chegar e pedia que ligassem para o telefone que afirmava ser de sua casa, infomando que  havia sofrido um acidente minutos atrás e tinha desencarnado. Implorava para  que algum parente fosse até o local, o espírito descreveu onde o acidente havia ocorrido. O pessoal do Centro ligou para a família e tudo se confirmou.
Em outra ocasião, minha sogra que havia perdido a filha com 16 anos e também freqüentava o mesmo Centro,  disse  que certa manhã, ao tomar café, sentiu um forte e carinhoso abraço reconhecendo ser de sua filha (desencarnada). Não contou para ninguém apenas sentiu, foi para a sessão e lá, em meio a tantas mensagens, dona Célia chamou-a pelo nome e disse que sua filha estava ali ao lado dela e que mandava dizer que havia tomado café da manhã com ela naquele dia. Minha sogra chorou muito, tudo que ela havia sentido e não contado para ninguém se ela ouvia ali, dita pela médium. Não restava dúvidas sôbre o dom maravilhoso dessa senhora especial.
No livro de Marcel Souto Maior, "Por Trás do véu de Ísis", que trata de um trabalho de investigação, de muita qualidade e isenção desse repórter, versando sobre a comunicação entre vivos e mortos, ele cita o Centro de dona Célia, como um dos que mais lhe impressionou. Evita porém, a pedido da mesma, citar seu nome mas, quem a conhecia, sabia muito bem que era dela que o mesmo falava.  Neste belo trabalho, Marcel conta também histórias sôbre  Francisco Candido Xavier e outros médiuns de renome.
Diante destes e de tantos outros fatos, de mensagens cheia de detalhes, falando sôbre coisas que eram só de meu conhecimento, vindas  inclusive de meu pai, de parentes e de amigos, não posso deixar de acreditar.
Infelizmente dona Célia não está mais nesse mundo, sua bela missão continua agora em outro "plano". Cito porém aqui mais uma de suas lições. Ela afirmava sempre, quando pessoas desesperadas pela falta de algum ente querido pediam que entrasse em contato com o mesmo, uma frase que nunca esqueci.." O telefone toca de lá para cá..." O médium é como um aparelho que somente recebe as chamadas e tem o dom de poder transmití-las para amenizar a dor de quem fica e de quem partiu, mas sempre dependendo da permissão, que vem do mundo espiritual.

Ana Maria





Nenhum comentário: