quinta-feira, 25 de abril de 2013

A Morte Segundo o Espiritismo







Para a Doutrina Espírita, antes de tudo, a morte não é o fim! O significado da morte para o Espiritismo foi revelado pelos espíritos superiores a Kardec, cuja missão foi mostrar ao mundo, o que ocorre após o desencarne (morte).

Diversos outros espíritas com o médium Chico Xavier contribuíram para elucidar e mostrar que a morte é apenas uma passagem para o verdadeiro mundo, o Mundo Espiritual. Chico Xavier transmitiu diversas mensagens de espíritos para os seus familiares, consolando os que ficaram e mostrando, ao mesmo tempo, que a morte não foi um fim, mas sim o recomeço de uma outra etapa, e que eles, os entes queridos, continuam existindo e ligados aos que ficaram pelos laços da afetividade. Até porque, a vida terrestre em um corpo físico, bem como a vida no plano espiritual, em um corpo sutil, são apenas etapas para o aperfeiçoamento e o aprendizado do espírito e, ao morrermos, nossas almas continuam e vão para o mundo espiritual levando na bagagem tudo o que aprendemos nessa passagem terrena.

Além disso, cada alma é única e tem uma essência própria, ou seja, no mundo dos espíritos ela continua a ser quem sempre foi, mantendo sua características individuais de personalidade. Assim, se o indivíduo era carinhoso, simpático e otimista, vai chegar do lado de lá com essas características. Se era carrancudo, odiento ou desajustado, também vai chegar lá dessa maneira. Ninguém morre e vira santo!! E ao “acordar” no mundo espiritual, percebe que a vida continua, deixando para trás apenas o corpo de carne.

Doutrina Espírita em revista.

Obs:
Por isso depende de nós mesmos, a nossa melhora como ser, tentarmos aumentar nossas qualidades e superar defeitos de caráter. A Reencarnação é a maior prova que Deus nos ama , através dela temos a oportunidade de nos corrigir a cada nova vida.

172 comentários:

Maiara disse...

perdi a minha mãe á 3 dias e quero saber pq dói tanto?

Espiritualidade disse...

Sentir dor é normal, principalmente quando perdemos alguém tão importante como nossa mãe, essa fase é chamada de luto. Com o passar do tempo, essa dor se transformará em saudades e estudar e entender o desencarne, ajudará a aceitar. Li um texto na net que poderá ajudar você nesse momento tão dolorido, segue link.
http://www.serespirita.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=382:desencarne-a-morte-para-quem-fica&catid=25:edicao-09

Anônimo disse...

perdi meu avo a 7 dias e nao sofri tanto quanto pensei isso significa eu nao gostava tanto assim dele ?

Espiritualidade disse...

Não,pode significar que você já esperava por essa perda, devido a idade avançada dele. As vezes sentimos mais com o passar do tempo ou em alguns momentos marcantes. Cada pessoa tem uma forma diferente e demonstrar dor e essa forma muda com o passar dos tempos e com a maturidade. Pode ter muitas explicações, não pense nisso e nem fique se cobrando... Siga enfrente e guarde os melhores momentos em sua memória. Beijos

Anônimo disse...

Perdi meu sobrinho a 8 dias. Desde então nao consigo dormir atormentada com medo, nao sinto medo dele. Mas sinto um medo inexplicável.
De tanto eu pedir p saber se ele estava bem eu sonhei com ele e no sonho ele me abraçou e me disse q p onde ele iria nao tem sofrimento.
Gostaria de saber se ele realmente apareceu p me dizer q esta bem e pq sinto tanto medo ainda? Por favor me ajude...

Agatha Charlotte disse...

Oi perdi meu namorado no último dia 30 ele me ligou de manhã dizendo que me amava e que queria viver junto comigo. Tínhamos feito tantos planos de casar construir nossa vida juntos e minutos antes dele morrer ele me ligou é eu não o atendi fico me perguntando o tempo todo o que ele queria falar comigo, isso está dilacerando o meu coração, tá doendo muito não estou conseguindo aceitar a partida dele. O que devo fazer?

Espiritualidade disse...

Às vezes, baixamos nossa vibração com tristeza, angustia e etc. e com isso, aproximam-se de nós espíritos ou energias iguais as que estamos transmitindo. Isso pode trazer vários sintomas, como: medos; angustia; irritação, perturbação ao dormir e outras coisas. Não sei se isso está acontecendo com você, mas é possível. Meu conselho é que reze para seu anjo da guarda, peça proteção. Não sei sua religião, mas se não tiver nada contra, procure uma boa casa e tome um passe. Sempre ajuda.
Quanto ao seu sobrinho, pode ser que ele tenha vindo lhe tranquilizar. Agora o que você pode fazer é rezar por ele e evitar desespero, pois isso pode prejudica-lo e a você também. Espero tê-la ajudado.

Espiritualidade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Espiritualidade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Espiritualidade disse...

Oi Agatha Charlotte!
Super normal que você fique angustiada com o acontecido, que na sua mente fique sempre essa pergunta: o que ele queria me dizer? Por mais difícil que seja você deve seguir em frente. O luto é importante que seja vivido, para que expurguemos toda a dor. No lado espiritual, você deve se agarrar a sua fé, nada nessa vida acontece por acaso, acredite nisso. Reze se apegue com Deus e com seu anjo da guarda. Não adianta você ficar pensando no que ele não disse, pense em tudo de bonito que viveu e tire o melhor dessa relação. Se você tiver família, fique junto deles, se aproxime dos amigos, você tem o direito de ser feliz. Ele com certeza vai ficar bem. Lembre-se, a vida continua. Desejo que a vida lhe presenteie com muitos momentos de alegria no futuro, você merece.

Anônimo disse...

Muito obrigado.
Vou seguir seu conselho.

Anônimo disse...

Meu pai faleceu há 7 meses, e quando estava internado poucas horas antes de partir ele tentou se levantar, sendo que ele não estava mais conciente, virou- se e olhou para mim como se quisesse pedir ajuda. Isso me causa muito sofrimento, como superar???

Anônimo disse...

Perdi meu marido pai do meu filho nao aceito a morte dele pq nos amavamos de mais sonhei com ele no sétimo dia apos o entero ele me abraço muito forte quero saber se vou velo e viver com ele em outra vida seja la onde for?

Espiritualidade disse...

Sete meses é muito pouco tempo para que as feridas estejam cicatrizadas! É normal que você ainda sofra com a partida do seu pai e se questione. Tenha certeza que ele está bem e sendo tratado no mundo espiritual. Algumas doenças deixam sequelas no perispírito e necessitam de passes, remédios e muita paz. Sua saudade é saudável, desde que não se desespere, pois, isso poderia não ser bom para seu pai. Ele também sente falta de tudo e de todos que amava e ainda ama, o amor nos acompanha nessa viajem. Nada nesse mundo acontece sem que seja com a permissão do Pai maior, acredite nisso. Um dia você irá encontrá-lo. A melhor maneira de ajudar será rezando e pedindo aos Espíritos superiores que estejam com ele e que acalme seu coração. A oração é o melhor remédio para todos os males. Tente pensar nos bons momentos e emitir pensamentos positivos e de incentivo, isso irá ajuda-lo a seguir enfrente.

Espiritualidade disse...

Eu acredito que ele tenha lhe abraçado, isso pode acontecer e isso foi uma grande permissão da espiritualidade. O mesmo que disse para a amiga acima também pode servir para acalmar seu coração. A morte não é o fim, e o amor segue conosco onde quer que estejamos. Se vocês possuem toda essa afinidade, com certeza irão se encontrar aqui na terra ou no mundo espiritual, onde é a nossa verdadeira casa. As pessoas com quem cruzamos na vida carnal, são aquelas que em alguns casos temos arestas a aparar e em outros, são companheiros que encarnam junto conosco para nos ajudar a cumprir aquilo que nos propusemos ou que nos foi proposto. Nada aqui é por um acaso, tudo tem um motivo, e na maioria das vezes não sabemos a resposta. Como já disse, a saudade é positiva, desde que com resignação, sem desespero. Reze por ele e por você também, peça aos irmãos de luz que acalme seu coração e lhe forças para seguir em frente. Dessa união, nasceu um fruto e este precisa muito de você e você também precisa dele. Fique em paz e acredite na espiritualidade.

Rayane Oliveira disse...

Meu nome é rayane, meu marido faleceu ha 5 dias e sinto a presença dele comigo como se não tivesse morrido isso é possível? Ele morrer e o espírito continuar aqui? A dor é grande eu to gravida de 3 meses.

Rayane Oliveira disse...

Meu nome é rayane, meu marido faleceu ha 5 dias e sinto a presença dele comigo como se não tivesse morrido isso é possível? Ele morrer e o espírito continuar aqui? A dor é grande eu to gravida de 3 meses.

Espiritualidade disse...

Oi Rayan!
É possível sim, mas não é bom! Sei o quanto deve estar doendo essa separação, ainda mais que você está grávida, porém você deve se esforçar para não ficar desesperada. A saudade é boa e faz parte do luto e do amor, mas o desespero cria uma situação difícil para quem parte e também dificulta a conformação de quem fica. Procure rezar, ler o evangelho Segundo o Espiritismo para adquirir informações que serão muito importantes e podem lhe ajudar a entender tudo o que aconteceu e o porquê!
Dependendo do grau de evolução e de apego do seu marido, ele também deve estar tendo a mesma dificuldade que você em se adaptar a essa nova realidade. Por isso você estudar pode ajudar aos dois. Pois se o mesmo está apegado a você e próximo, ele também será beneficiado pelos conhecimentos que você adquirir. Reze e peça ao seu mentor espiritual que o ajude e o esclareça, se possível for. Nessa nova etapa de suas vidas o conhecimento e a fé poderão ajuda-los!!
Acredite, a morte não é o fim é mais uma etapa em nossa vida!!!

Bruna disse...

Olá!

Perdi um amigo que um dia foi um grande amor na minha vida em um acidente de carro 4 meses atrás. Tenho sonhado e conversado com ele nos meus sonhos as alguns dias consecutivos. A minha for não passa, é como se ele estivesse vivo ainda, sinto isso. O que pode estar acontecendo? Não aguento mais sentir essas sensações todos os dias.

Espiritualidade disse...

Oi Bruna!!
A morte não existe, apenas deixamos o corpo físico, mas a nossa consciência continua viva em nosso corpo perispiritual. Nem todos conseguem abrir mão da vida carnal, e alguns ficam presos ao mundo físico. Os seu apego, a sua saudade, servem como ponte até você. Sei que é difícil, mas tente não pensar tanto nele, peça em orações aos espíritos de luz que o ajudem a fazer a travessia e seguir em frente.
No mundo tudo é energia, pensamentos, sentimentos, palavras, funcionam como estrada até aquele que está pensando. Por isso Jesus disse, orai e vigiai. Pensamentos bons atraem boas companhias espirituais, pensamentos mesquinhos, pequenos, mundanos, atraem aqueles que se afinam com ele. A saudade é um bom sentimento, mas o desespero, a inconformação, pode prejudicar aqueles que amamos, mas que julgamos estarem mortos. Reze por ele e por você. Peça ao seu anjo da guarda, seu mentor espiritual, que acalme seu coração.
Não seu qual a sua crença ou religião, mas se tiver alguma, se agarre a ela, pode ser uma boa saída. Tente se distrair, ajudar outras pessoas, fazer caridade. Quando fazemos isso, abrimos uma porta para as boas energias e percebemos que não somos o centro do universo, e que existem pessoas com problemas maiores que o nosso. Você verá como isso vai lhe fazer bem. Boa Sorte.

Andressa Camilo disse...

Oi, meu marido faleceu em um acidente de ônibus, no dôo, a 4 dias, nós estamos brigados, e ele estava dormindo na casa do tio, mas na quinta antes de viajar foi ver nossa bebê de três meses, e nos entendemos. Mas ele não chegou a volúpia casa. Pois ia viajar. A mãe dele disse q ele morreu magoado comigo, isso está acabando comigo. Meu padrasto é médium e disse q ele falou que não era pra acreditar em nada do que estavam falando, e se eu perdoava ele. Eu gostaria de saber se é possível falar com ele? Ao menos uma vez. Preciso saber se ele morreu mesmo magoado comigo, e se ele me perdoa. Quem eu procuro? Não posso pedir ajuda do meu padrasto pois, minha mãe não permite.

Andressa Camilo disse...

Oi, meu marido faleceu em um acidente de ônibus, no dôo, a 4 dias, nós estamos brigados, e ele estava dormindo na casa do tio, mas na quinta antes de viajar foi ver nossa bebê de três meses, e nos entendemos. Mas ele não chegou a volúpia casa. Pois ia viajar. A mãe dele disse q ele morreu magoado comigo, isso está acabando comigo. Meu padrasto é médium e disse q ele falou que não era pra acreditar em nada do que estavam falando, e se eu perdoava ele. Eu gostaria de saber se é possível falar com ele? Ao menos uma vez. Preciso saber se ele morreu mesmo magoado comigo, e se ele me perdoa. Quem eu procuro? Não posso pedir ajuda do meu padrasto pois, minha mãe não permite.

Anonima disse...

Olá. Td bem?! Por favor, preciso de uma luz...
Perdi um amigo ( que um dia foi mais que um amigo...) num acidente de carro há uns 15 dias e ñ páro de pensar nele...
Nós conhecíamos há mais de 20 anos. E nunca perdemos o contato. Hj eu estou casada e ele tb, com filhos. Respeitamos nossos cônjuges, nunca fizemos nada, mas sempre que nos encontrávamos, ele sempre lembrava do nosso passado. De como tinha sido bom e que sentia saudades...
Quase tive um treco qdo recebi a notícia do acidente. Chorei mto. E de vez enqdo ainda choro... Não poderia me emocionar tanto assim pq tenho uma bebezinha no meu ventre. Eu sempre rezo, mas parece que essa dor ñ passa. Fico arrasada qdo penso que nunca mais o verei, que nUnca mais o ouvirei a me elogiar e falar que sente falta do que tivemos...

Espiritualidade disse...

Oi Andressa, a morte de seu marido é muito recente e as vezes o espírito precisa de um tempo para se adaptar a nova situação. Claro que isso não é uma regra, pois tudo depende do grau de evolução de cada espírito. Tente ficar calma e ore por ele e por você também, nesse momento ele precisa muito de oração. Trabalho em uma casa onde fazemos psicografia, mas o telefone toca de lá para cá, e não dá para saber se ele terá condição de se comunicar nesse momento. De qualquer forma, mande um email para: eespiritualidade@gmail.com, com o nome dele e o seu e-mail. Caso chegue alguma mensagem envio para você. Independente disso, ore muito, tenha fé.,Deus é pai e confie nele, nada acontece por acaso.

Anônimo disse...

Olá.
Eu perdi meu tio em novembro do ano passado, em um acidente que ele teve.
Eu não tinha tanto contato com ele mas ele era muito legal, ele tinha otimas energias e era muito querido por todos por sua bondade.
Esses dias eu tive um sonho com ele.. ele estava em um carro comigo, ria e falava sobre a pele dele, que estava mais jovem, algo assim.
Depois ele falava "a rua de cima da sua casa é longe?" Eu respondia que não, ai ele falava. "Então pq as pessoas só sobem ela de carro? Isso porque elas nunca tentaram ir apé. Se você não tentar vc nunca vai conseguir."
Queria saber se foi ele que falou isso por sonho, e como eu poderia estar entrando em contato com ele.
Sinto as vezes que posso receber energias, mas nao sei se estou preparada. Obrigada.

Espiritualidade disse...

Oi anônimo, entre em contato no email do blog e explique melhor o seu sonho.eespiritualidade@gmail.com

Anonima disse...

Olá. Td bem?! Por favor, preciso de uma luz...
Perdi um amigo ( que um dia foi mais que um amigo...) num acidente de carro há uns 15 dias e ñ páro de pensar nele...
Nós conhecíamos há mais de 20 anos. E nunca perdemos o contato. Hj eu estou casada e ele tb, com filhos. Respeitamos nossos cônjuges, nunca fizemos nada, mas sempre que nos encontrávamos, ele sempre lembrava do nosso passado. De como tinha sido bom e que sentia saudades...
Quase tive um treco qdo recebi a notícia do acidente. Chorei mto. E de vez enqdo ainda choro... Não poderia me emocionar tanto assim pq tenho uma bebezinha no meu ventre. Eu sempre rezo, mas parece que essa dor ñ passa. Fico arrasada qdo penso que nunca mais o verei, que nUnca mais o ouvirei a me elogiar e falar que sente falta do que tivemos...

Espiritualidade disse...

Oi anônimo!

Em primeiro lugar não existe nunca, porque não existe fim! Seu amigo terminou o seu tempo nessa escola que é o planeta Terra, mas ele continua vivendo, pois a vida continua depois da morte. Todos os sentimentos, bons ou ruins nos acompanham. O afeto que ele nutria por você segue com ele, assim como o que você sente por ele continua com você. É tudo igual, houve apenas uma transformação física, mas os sentimentos são os mesmos.
Nessa nova fase da vida o que mais ele precisa é de compreender e aceitar. Muitas pessoas ficam confusas no desencarne, porque nada sabem a respeito disso. Perdem o corpo, mas continuam sentindo, pensando, desejando, Isso as confunde. Você, com todo esse amor, pode ajudá-lo nesse momento. Tente não se desesperar, emita bons sentimentos, ore, principalmente ore. Pois a oração é o melhor condutor de boas energias. Sei que é difícil, tirar algo tão forte do coração, mas pense que no mundo tudo é energia, seus sentimentos, pensamentos, desejos, criam vida e vão diretamente para ele, que provavelmente ainda está confuso. Isso pode perturbá-lo e dificultar ainda mais sua adaptação. Quando começar a se desesperar, mude o pensamento, faça uma oração para seu anjo de guarda, peça para que tire essa dor, essa tristeza do seu coração. Depois de rezar, mude a vibração, comece a pensar eu seu bebê, faça planos, pense que Deus é muito bom, pois sempre quando uma porta se fecha outra se abre. Seu filho é essa porta se abrindo para o futuro. Você tem uma família, e agora é nisso que deve pensar.
Ele precisa seguir outro caminho, e um dia certamente vocês se encontrarão e, aí, verá que os bons sentimentos perduram. Seja feliz e viva sua vida, pois ela também deve prosseguir.

Anonima disse...

Obrigada por suas sábias palavras! Eu estava ansiosa por elas! Vou fazer td oq vc me falou. Mto obrigada.

ene disse...

Perdi meu pai há 15 dias em uma acidente de trânsito. Fico o tempo todo fazendo perguntas que não tem resposta. Me ajude. Sinto tanta saudade de meu pai.

Celis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Tive um sonho muito real com minha avó. Ela faleceu há alguns anos. Por volta de 10/anos. Nesse sonho ela me explicou o porque ela faleceu subtamente. Ela disse que precisou ir para realizar alguma atividade espiritual. Eu tava muito brava e perguntei a ela se ela foi por vontade propria e ela disse que nao, mas demonstrou ter reconhecido que deveria ter ido. Quando ela me disse isso ela teria voltado. Parecia ter feito uma viagem. Acordei acreditando que eu tinha que ir p casa dela para visita lá. Logo, lembrei que ela havia morrido. Antes disso, sempre sonhei com os abraços dela, mas só. Fiquei muito assustada, eu confesso, mas feliz por poder falar com ela de novo. O que me imprecionou que esse não foi um sonho comum. Foi tudo muito real. Pode ter sido real mesmo? Será que ela está bem?
Além disso, minha avó disse que não conseguia falar com a minha mãe, mas me deu a entender que ela deveria fazer as pazes com minha tia, pois ela não estava bem. Será que isso realmente foi uma mensagem?

Espiritualidade disse...

2- Ene, é normal que sinta falta de seu pai, perder alguém que se ama já é difícil. De forma tão repentina, deixa realmente muitas perguntas no ar. Como sempre digo aqui, não cai uma folha de uma árvore, se não for à vontade de Deus. E se aconteceu dessa forma, é porque tinha que ser, embora não compreendamos. Existem respostas que só uma visão de todo o livro da vida de seu pai explicaria. E como não sabemos de todos esses capítulos, ficamos sem entender o porquê dos acontecimentos. Tenha fé, só ela pode lhe confortar. Acreditar que tudo não acabou e que seu pai só voltou para o seu verdadeiro lar. Sentir saudades é saudável e o que você pode fazer para ajudar tanto a você, quanto seu pai é rezar. Peça aos amigos espirituais que lhe dê compreensão e coragem para caminhar com a vida. Que seu pai seja conduzido a um bom lugar, onde poderá seguir em frente em busca de sua evolução espiritual. Tente encarar o fato de que morrer faz parte da vida e que um dia você irá encontrá-lo. Se você gosta de ler, procure livros que possam lhe esclarecer a mente, neles encontrará respostas para suas dúvidas. Desejo que seu coração fique em paz. Seja feliz, você merece! Se permita.

Espiritualidade disse...

3- Celis, respondi seu email. Como disse por lá: Conscientemente talvez ele não soubesse. Alguns espíritos ao encarnar nesse mundo já conhecem a forma que irão desencarnar, por isso dizemos que seu espírito já sabia. Porém, ao encarnar, isso é apagado de sua memória, claro que é uma bondade divina, pois seria angustiante viver com essa perspectiva. Imagino o quanto sofre com essa perda e como deve estar preocupada com o estado dele agora. Mas tenha fé, peça por ele aos espíritos de luz. Quando oramos, conversamos com Deus e seus anjos. Através da oração, podemos ajudar mais do que imaginamos, pois ela tem uma força imensa, dependendo dá fé e dá energia empregada. A oração é um balsamo para aqueles que se encontram perdidos, angustiados ou inconformados. Sejam eles encarnados ou desencarnados. Vou lhe dar um conselho, se me permite. Procure fazer caridade, existem tantas pessoas precisando de um pouco de amor, de carinho, de afeto. Transforme essa saudade e energia, distribuindo um pouco do seu tempo para irmãos que nada tem. Verá que isso lhe fará muito bem, pois o amor é um bumerangue, quando você o joga ao vento, sempre retorna para você. Seja feliz e seu filho também será.

Espiritualidade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Espiritualidade disse...

4- Oi anônimo, acredito que tenha sido uma mensagem. Se você observou, ela só lhe deu bons conselhos e mostrou estar bem evoluída e compreender que retornou para sua casa no mundo espiritual. Passamos aqui na Terra mais ou menos, 60, 70, 80 anos de nossa vida, alguns menos, outros mais. Mas em média, por aí. O resto de nossa existência é no mundo espiritual, ficamos por lá, entre idas e vindas. Por isso ela deve ter dito casa. A preocupação dela com sua mãe e sua tia, também é normal, pois ela sabe que tudo é muito pequeno e nós damos muito ênfase ao que não deveríamos dar. Quando morremos, levamos conosco os nossos amores, muita saudade e algumas preocupações. Tanto isso acontece que você mesma disse que ela em outros sonhos já lhe abraçou e provavelmente visitou você em outros momentos. Quando o espírito está bem, equilibrado, esse tipo de visita é saudável, não nos afeta de forma negativa. Pelo contrário. Às vezes sentimos uma paz, uma alegria que não tem explicação e isso, muitas vezes, deve-se a presença de queridos parentes ou até de protetores espirituais. O contrário é que devemos evitar. Acho que não deve se preocupar. Reze por ela, por você e peça a seu anjo protetor que esteja sempre ao seu lado lhe afastando dos inimigos físicos e espirituais. Fique em paz!!!

JM disse...

Boa noite nao consigo lidar muito bem com as perdas desta vida porque?

Anônimo disse...

Perdi meu marido faz mais de 2 meses e cada dia que passa tem sido pior, tem vezes que sinto que ele está vivo que vai voltar mas depois eu falo para mim mesma que isso não vai acontecer, as vezes penso que estou a ficar louca. O que eu faço?

Anônimo disse...

Oi. Bom dia, perdemos meu irmão a 4 dias em um acidente. Ele tinha apenas 26 anos, morava com os meus pais e tinha uma filha de 3 aninhos. Estou pensando em abandonar meu trabalho para ficar com eles, minha sobrinha ainda não sabe, mas também não perguntou por ele, ela já foi na casa dos meus pais, entrou no quarto dele mas ainda não perguntou pelo pai, sentimos que ela está estranha, triste....não sabemos como agir, como contar para ela. Gostaria de saber como é quando uma pessoa morre, qual o processo após a morte, como devemos ser com relação a saudade, ao choro, as coisas que era da pessoa. Nos ajude por favor.

Jacqueline Cruz disse...

Minha prima faleceu a alguns dias e logo depois vi um vulto na minha janela enquanto eu fazia faxina na casa, será que era ela?
Já tenho essas visões, se assim posso chamar, a alguns anos, o que significa?

Espiritualidade disse...

Oi anônimo, realmente é uma situação muito difícil. Com relação a contar para a criança, acho que você deveria pedir ajuda a um especialista, um psicólogo, para saber exatamente como agir sem lhe trazer grandes traumas.
Quanto à morte do seu irmão, cada caso é um caso diferente, “cada um, segundo suas obras”. Dependendo do que ele acreditava, será mais fácil ou mais difícil encarar essa nova etapa. A maior ajuda que você pode dar é orando para os espíritos de luz o ajude nessa hora de tanta dor e de afastamento. Essa ajuda também pode e deve ser pedida para você e o resto da família, para que vocês tenham calma e resignação.
Chorar, ficar triste, sentir saudades, tudo isso faz parte do luto, é importante ser vivido. O espírito também sente tudo isso. Agora o desespero, não faz bem nem para os encarnados e muito menos para os que se foram. Sendo a morte recente, o espírito ainda está muito ligado aos que ficaram, e por isso pode sofrer com o desespero de quem ama. Palavras e pensamentos de incentivo podem ajudá-lo a ter força e coragem de seguir enfrente de se reerguer. Algumas pessoas acham que quando morremos viramos santos e sábios, porém isso é uma inverdade, morremos com nossas qualidades e defeitos.
O que realmente pode ajudá-lo nesse momento são as orações e o carinho que será dedicado a essa criança que ficou sob sua guarda. Nada nesse mundo acontece por acaso, tenha a certeza disso. A vida às vezes é escrita por linhas tortas, mas com objetividade. Cubra essa criança de amor e você estará ajudando seu irmão. Não esqueça de que o amor pode ser dado nos momento em que você estiver livre. Tome sua decisão com bastante sabedoria, trabalhar e cuidar pode seguir na mesma estrada. Faça aquilo que achar correto siga seu coração. Seja Feliz!

Espiritualidade disse...

Oi Jaqueline, pode significar que você tem mediunidade. Quanto a ser sua prima o vulto que você viu, não posso dizer. Acho que deveria ler mais sobre o assunto e aconselho que leia os livros de Kardec para entender melhor o que se passa com você. Reze, mantenha seus pensamentos os mais positivos possíveis. Procure um Centro Kardecista para tomar passes, ouvir palestras e conversar sobre isso com pessoas que possam lhe dar boas informações e conselhos.
Quanto a sua prima, ore por ela e peça aos Espíritos de Luz a ajude nesse momento de transição. Seja Feliz.

Renata Munhos disse...

Perdi o meu bebê de 7 meses a 5 dias, ele viveu na UTI por 4 dias....tenho me sentido muito sozinha apesar de ter a minha familia a meu lado.....todos os dias busco entender qual o proposito de Deus com essa perda....a dor de não poder te-lo em meus braços está me deixando louca.....a minha familia está muito preocupada, pois acreditam que estou ficando depressiva.

Espiritualidade disse...

Oi Renata, imagino como deve estar se sentindo, perder um filho é uma das piores dores que uma pessoa pode sofrer. Não se culpe por estar sofrendo, é tudo muito recente, o tempo é o senhor de todas as coisas. Tenha fé, acredite que nada nesse mundo é sem propósito. Deus não brinca com os nossos sentimentos, o tempo que seu filho viveu entre vocês não foi em vão. Sei que essas palavras parecem vagas diante do sofrimento que aflige o seu coração. As explicações para tudo que vocês e o seu filho sofreram podem ser muitas, talvez não encontremos aquela que irá amenizar essa dor. Mas, nada nesse mundo é por acaso, esse pouco tempo em que seu filho viveu aqui na terra, pode ajudá-lo em sua evolução espiritual, pois nem sempre um espírito precisa de uma vida inteira para aprender alguma coisa, certamente o tempo curto em que viveu, foi o que ele precisava. Você como um Espírito amigo pode ter escolhido ainda no plano espiritual, ajudar esse espírito que veio como seu filho e que certamente precisava de amigos para dar a ele essa oportunidade. Pense o quanto você o amou, o quanto rezou por ele e quantos espíritos de luz você colocou ao lado dele quando elevava seus pensamentos a Deus, pedindo que o melhor acontecesse para esse ser tão pequeno e tão amado.
Se você ficar pensando no que não pode fazer, realmente isso irá colocá-la em depressão. Pense que fez aquilo que podia, no momento em que ele precisava. Cumpriu com amor tudo o que esse serzinho esperava de você. E agora, certamente, ele torce para que você se restabeleça e isso irá deixá-lo feliz, pois também terá deixado um grande ensinamento para vocês. Nesse mundo, não fazemos nada sozinhos, um ajuda o outro. Neste caso vocês se ajudaram, ele precisava desse pouco tempo na terra e você de ajudá-lo nesse momento. Deus é justo, e não seria injusto com seu filho, muito menos com você. Pense quanta coisa boa ele, nesse pequenino tempo trouxe para você e sua família, quanto sentimento de amor, dedicação, compaixão e outros foram despertados em você. Lute contra a depressão, alguém que cumpriu sua missão, merece ser feliz e é isso que Deus e os Espíritos de Luz desejam para você. Sentimentos negativos nos afastam de Deus e de espíritos elevados, aproximando de nós energias negativas que podem nos jogar cada vez mais para baixo. Não se culpe por sorrir e de voltar a viver. Dê uma nova oportunidade para que a felicidade entre em sua vida, isso não significa que você esqueceu-se dele, porque ele está dentro de você, e seus bons sentimentos serão também recebidos por ele no mundo espiritual. Tudo está conectado, ele só voltou para o verdadeiro lar, e vive. Acredite.
Você tem uma família que diz estar preocupada com você, isso significa que essas pessoas amam você, e isso também deve ser levado em consideração. Quantos nesse mundo estão sozinhos para enfrentar seus sofrimentos? Quantos gostariam de ter ombros amigos para chorar? Você tem tudo isso, já é um privilégio.
Esta na hora de ser feliz! Seja então!!!!! Beijo, se precisar estarei aqui.

Pietra disse...

Olá, gostaria de saber um pouco mais sobre a morte de animais segundo o espiritismo, minha família é católica mas eu me interesso muito pela doutrina espírita..
Estamos passando por um momento difícil, perdemos o nosso cachorrinho Billy na virada de ano, ele se afogou em nossa piscina mas não sabemos ao certo como aconteceu. Fomos na minha tia umas 21:30h no ano novo, ai antes da 00h minha mãe foi em casa pra ficar com ele e com a Íris que é nossa labrador durante a queima de fogos, o Billy tinha medo.. Ai chegou e não achava ele em lugar nenhum mas não tinha como ter escapado, meu irmão foi correndo em casa que é na mesma rua de onde a gente tava ai chegou e já pulou na piscina e saiu com ele nos braços, tava afogado lá no fundo, fiz massagem cardíaca, tentei reanimar mas não consegui.
Estamos todos arrasados, minha cachorra também ta super pra baixo, não ta nem comendo direito, ela provavelmente viu tudo e ainda tentou salvar o Billy, ela vive brincando com os tapetes, está sempre com um na boca.. E encontramos um tapete na piscina, achamos que ela jogou pra tentar ajudar ele!
Pode parecer pequena a perda de um cachorro diante de tantas que li aqui, mas não é, ele era muito importante pra nós, ficava ao nosso lado nos momentos difíceis, sempre companheiro e muito amoroso, ele era parte da nossa família também!!
Minha mãe ta sofrendo muito, chora o tempo todo, meu pai ta muito triste também, por mais que ele tente esconder a gente percebe.. E o pior é que eles ficam se culpando por não ter colocado a lona na piscina, por não ter fechado a porta, por ter deixado ele em casa, por tudo, isso é muito ruim.
Eu e meu irmão estamos tentando ser forte, consolar nossos pais, aceitar a perda mas por mais que tentamos a tristeza é enorme, a saudade é enorme e quando estamos sozinhos não aguentamos e choramos.
Billy ta fazendo muita falta, não sei o que fazer, ele deve ter sofrido e isso me dói muito. Amamos muito ele, espero que agora ele esteja bem e que cuidem dele lá em cima!

Anario Neto disse...

Olá, ultimamente ando tendo alguns problemas. Desanimo, falta de interessa, angústia , mau humor e até mesmo pensamentos suicidas. E esses problemas estão começando a interfirir na minha vida pessoal. Gostaria de saber se há alguma solução para esses fatores dentro do espiritismo e se os mesmos podem ter alguma ligação com espíritos obsessores.

Espiritualidade disse...

Olá Anario Neto, primeiro você deve fazer uma reflexão para descobrir como tudo isso começou, se existe uma causa. Às vezes uma desilusão, a perda de alguém que amamos muito, seja pelo desencarne ou até por outros motivos podem desencadear uma depressão. Deve também observar os lugares que anda frequentando, pois alguns lugares nos aproximam de companhias espirituais que não podem nos trazer boas sensações ou bons pensamentos. Enfim faça uma análise de sua vida, veja o que mudou, ou o que pode estar mexendo com suas emoções a ponto de sofrer influências espirituais dessa natureza.
Acho que além de cuidar do lado espiritual você deve também procurar a ajuda de um médico, um analista. Alguém que possa dividir seus sentimentos e contar suas angustias, isso pode ajudá-lo bastante.
Alguns livros podem ajudar você a compreender melhor o lado espiritual da vida. Leia Kardec, lá você encontrará resposta para todas as suas dúvidas e também sobre obsessão ou influência de espíritos que se aproveitam de nossa falta de equilíbrio para lançar pensamentos e sentimentos que não nos pertencem. Nesses livros você aprenderá que tem mais força do que imagina e que com boas orações atrairá para junto de você, amigos espirituais que irão ajudá-lo a afastar qualquer espírito que possa estar se aproveitando desse momento de fragilidade em sua vida.
Toda vez que tiver esses pensamentos, procure rezar, concentrando-se e pedindo ajuda ao seu mentor espiritual, seu anjo da guarda. Ele é seu melhor amigo e foi designado para ajudá-lo a vencer todas as dificuldades nessa vida, sua vitória é também a dele, mas você precisa chamá-lo para junto de você. Essa oração pode ser também uma conversa, o importante é que saia do fundo do seu coração, que seja feita com verdade e vontade.
Se você tiver algum Centro Kardecista próximo a sua casa, procure, peça um passe, ouça uma palestra, às vezes elas dizem exatamente o precisamos ouvir. Procure saber se nesse Centro tem atendimento fraterno, eles estão lá para ouvir e ajudar você. A única coisa que você não deve fazer é se entregar a esses sentimentos e pensamentos. Não existe morte, portanto não nos livramos dos problemas quando morremos, pelo contrário arrumamos mais um quando tiramos a nossa vida. Essa é a pior viajem. Lute não se entregue, você não esta nesse mundo por acaso e seja lá o que tiver que enfrentar, você conseguirá. Acredito em você.
Outra coisa que deve saber é que atraímos para junto nós espíritos que vibram na mesma energia que emitimos. Portanto, tente ser feliz, dar valor ao que tem e conquistou, lembre-se que muitos estão em situação muito pior que você. Coloque em uma balança tudo de positivo que tem em sua vida e verá que ela penderá para esse lado. Procure ler livros edificantes, ver filmes que lhe deixem alegres. Evite ver e estar ao lado de pessoas ou coisas que lhe deixem negativo. Melhore seus pensamentos, sentimentos, e suas companhias espirituais também melhorarão. Seja muito feliz e se precisar estarei por aqui.

Anônimo disse...

Meu nome é Patrícia, e tenho 23 anos. Há três meses atrás meu namorado terminou nosso namoro de um ano, sem motivos. Três dias depois descobri que estava grávida.

Dia 18/01/16 eu perdi minha bebê. Laura. Os médicos não sabem o que aconteceu. Eu sinto o espírito da minha filha comigo, uma presença boa.
Estou sofrendo pela perda dela, o luto. Não entendo por que perdi a minha neném. Mas eu sinto que vou engravidar novamente, e ter a minha filha. Sinto que apenas o corpinho dela se foi, e eu devo fazer outro...

Eu e o pai dela não voltamos mais. Porém eu sinto que tem algo não concluído entre nós.

Me ajude!

Anônimo disse...

Olá, perdi minha filha de 2 anos a 5 meses e 10 dias..
Minha dor é muito profunda e infelizmente minha fé ao invés de aumentar está a se acabar..
Quando o fato aconteceu recebi o apoio de tantas pessoas e de religiões diversas que me senti embriagada de tanta força espiritual e de fé. Porém hj, quando todos retornaram a sua rotina e a Ausência da Elis só é lembrada minuto a minuto por nós, pais e avós, me sinto totalmente revoltada com esse tal Deus que todos cultuam.
Gostaria muito de enxergar as maravilhas desse Deus que todos exaltam e enchem a boca pra dizer que é misericordioso.
Minha filha era linda, inteligente, perfeita e tinha tudo pela frente. E eu não pude evitar sua partida.
Só gostaria de entender porque Deus em sua infinita misericórdia arranca crianças dos braços de pais que tanto amam e fazem tudo por elas. Enquanto que tantas crianças sofrem nas mãos de pais que os abandonam, agridem e até matam sem nenhum pingo de amor..
Por favor me ajude a encontrar respostas que tragam minha alegria e esperança de volta, pois a única coisa que tenho vontade hoje, apesar de já estar de volta ao trabalho e de ter descoberto que após vinte dias da partida da minha pequena Elis eu engravidei de novo, minha única vontade é de morrer para ver se para essa Dor terrível..
Por favor me ajude a ser a mãe que fui pra Elis pra esse bebê inocente que está chegando.. Estou desesperada!!!

Espiritualidade disse...

Anônimo.
A dor e a revolta que está sentindo são válidas, pois mostra a mãe amantíssima que é. Se olharmos a morte de seu filho sem analisarmos a questão profundamente, também iremos dizer que Deus não foi justo, que tirar uma criança assim tão prematuramente da vida, é algo cruel e que certamente nos revoltaria. Porém, seu filho era um espírito adulto, que teve nessa reencarnação uma oportunidade de crescimento espiritual. Você fez parte desse acordo de volta à vida. Certamente no mundo espiritual, antes de vocês reencarnarem, isso tudo foi acordado, essa oportunidade foi também aceita por você. Sei que olhando um bebê inocente, não conseguimos imaginá-lo um adulto. Mas todos os bebês são espíritos com muitas encarnações e com muita coisa a ensinar e também a aprender. Se essa criança, nasceu em seu lar é porque certamente vocês se deram essa oportunidade a esse irmão. Tanto você tinha a ensinar e a aprender, quanto o seu bebê também. Esse desencarne que parece ser prematuro, foi no tempo que teria que ser. Cumpriu-se aqui aquilo que foi acordado no mundo espiritual. Parece difícil entender, se olharmos esse mundo físico como o único e o nosso verdadeiro lar, mas o nosso lar é lá no mundo espiritual. Todos nós nascemos para morrer um dia, todos iremos fazer essa viagem, mas nem todos conseguirão cumprir aquilo que determinamos ou que foi determinado para nossa reencarnação. Muitos irão desistir pelo meio do caminho, outros irão tomar caminhos diferentes do programado, enfim, nem todos conseguirão. Não sei o que aconteceu, mas ele cumpriu o tempo determinado. Seu trabalho como mãe dessa criança, ainda não acabou. Você agora precisa ajudá-lo a seguir em frente, precisa mostrar para esse espírito, que sua vinda deixou bons frutos e que ele tem que ser forte como você, que ele tem que ter coragem e fé em Deus. Esse Deus que ao fechar uma porta abriu uma janela para você filha amada. Tão bonita foi a sua missão, que Ele já lhe enviou outro ser amado para que com seu grande amor possa conduzí-lo nessa vida e, dar-lhe condições físicas e espirituais de ser um adulto com conteúdo, capaz de deixar suas pegadas nesse planeta. Um filho, não substitui o outro, esse filho é outro espírito que também precisa de você, do seu carinho, do seu amor. Transforme essa dor em oração, converse com seu filhinho que partiu, diga-lhe como foi bom o tempo em que viveram juntos, pouco mais intensos. Mostre-lhe quanta coisa boa ele lhe ensinou, e que com a sua grande lição, você será capaz de ser a mãe que esse bebê no seu ventre necessita.
Viva seu luto, pois ele faz parte da recuperação. Lembre-se que esse filho, será sempre seu e que a saudade não fere, o que machuca é o desespero. Eleve seus pensamentos e fortaleça sua fé. Deus não lhe abandonou, ele está olhando por você e com certeza colocou seus anjos para olhar pelo seu filho amado. Você também foi colocada por Deus para olhar outro filho que ele confiando em você, colocou no seu ventre. Seja feliz, isso não é proibido, é digno!

Espiritualidade disse...

Tudo Passa – Chico Xavier
Todas as coisas, na Terra,
passam...
Os dias de dificuldades,
passarão...
Passarão também
os dias de amargura
e solidão...
As dores e as lágrimas
passarão.
As frustrações
que nos fazem chorar...
um dia passarão.
A saudade do ser querido
que está longe, passará.
Dias de tristeza...
Dias de felicidade...
São lições necessárias que,
na Terra, passam,
deixando no espírito imortal
as experiências acumuladas.

Se hoje, para nós,
é um desses dias
repletos de amargura,
paremos um instante.

Elevemos
o pensamento ao Alto,
e busquemos a voz suave
da Mãe amorosa
a nos dizer carinhosamente:
isso também passará...

E guardemos a certeza,
pelas próprias dificuldades
já superadas,
que não há mal
que dure para sempre.

O planeta Terra,
semelhante
a enorme embarcação,
às vezes parece
que vai soçobrar
diante das turbulências
de gigantescas ondas.

Mas isso também passará,
porque Jesus está
no leme dessa Nau,
e segue com o olhar sereno
de quem guarda a certeza
de que a agitação
faz parte do roteiro
evolutivo da humanidade,
e que um dia também passará...

Ele sabe que a Terra
chegará a porto seguro,
porque essa é a sua destinação.

Assim,
façamos a nossa parte
o melhor que pudermos,
sem esmorecimento,
e confiemos em Deus,
aproveitando cada segundo,
cada minuto que, por certo...
também passarão..."
" Tudo passa...exceto DEUS!"
Deus é o suficiente!

Chico Xavier - Emmanuel

Henrique Carneiro Conde disse...

Perdi o meu pai tem 3 dias, após muito sofrimento de internação e UTi. Porém os meses que anteciparam essa internação final, brigávamos muito e discutíamos bastante. Mas amor que sinto muito grande e sempre tentei fazer tudo por ele, mas mesmo assim me corta o coração em pensar que ele pode ter ido embora com qualquer tipo de mágoa minha e se ele viu tudo após sua partida.

Anônimo disse...

Obrigada pelas palavras e pela atenção..
Minha filha é muito amada, e sempre será muito querida e lembrada!!
Sua passagem em minha vida foi o mais importante acontecimento.. Me trouxe serenidade, sabedoria e discernimento para enxergar novos caminhos e prioridades em minha vida.
Sua partida foi e está sendo muito dolorida pela forma trágica como foi. Afogamento.
Converso com ela todos os dias, cuido das flores que cultivávamos juntas, pois sempre gostei muito de plantas e ela em seu curto tempo de vida aprendeu comigo a plantar e a aguar e cuidas das plantas..
Minha forma de estar sempre próxima dela é cuidando de nossas roseiras e mantendo suas flores sempre bonitas e saudáveis!!
De fato, Elis era uma criança muito diferente. Com apenas 2 anos parecia que tinha 4 anos... Muito inteligente, e como sempre conversei muito com ela, conseguíamos nos comunicar com muita clareza, como se sua altivez fosse uma forma de aproveitarmos cada segundo de sua breve estadia aqui comigo para aprendermos e ensinarmos uma a outra sobre o Amor.

Amooooo vc minha Bonequinha.

Obrigada mais uma vez a Espiritualidade por me trazer palavras tão sábias e esclarecedoras, enchendo meu coração de esperança e vontade de saber mais!!!

Ass: Mamãe de Anjo

Espiritualidade disse...

Fiquei emocionada, seja feliz minha irmã e que Deus ilumine seu coração.Obrigada você por suas lindas palavras. Fique em paz!

Layana disse...

Olá! Preciso muito de uma resposta. De algo que possa confortar o nosso coração. Sou casada com um homem maravilhoso, bom marido e bom filho. Mas ele está sofrendo com tantas perdas que muitas vezes não sei como agir, ajudar. Meu sogro faleceu dia 23/11/2015, homem com aparência jovem, trabalhador, bom pai e bom marido, começou a sentir umas dores na região do peito, começamos a investigar. Foi feito cateterismo e descobrimos que teria que se operar com urgência. Voltamos pra casa, mas ele sentiu mais uma dor dessas e os médicos foram imprudentes, ele faleceu com a dor no peito, infarto do miocárdio. Na missa de sétimo dia do meu sogro, minha sogra que nunca havia reclamado de nada, começou a sentir dores abdominais, começamos a investigar, descobrimos um câncer super avançado no intestino que evoluiu para uma metástase. Ela faleceu agora, dia 29/01/2016, 67 dias após a morte do meu sogro ( ressalto que ela nunca havia sentido nada). Como explicar para os filhos duas mortes tão prematuras (60 / 62 anos) tão próximos e tão de repente!? Eles eram tão cheio de vida! Tudo isso dói tanto dentro de nós. Um espírito realmente pode chamar o outro!?

Layana disse...

Olá! Preciso muito de uma resposta. De algo que possa confortar o nosso coração. Sou casada com um homem maravilhoso, bom marido e bom filho. Mas ele está sofrendo com tantas perdas que muitas vezes não sei como agir, ajudar. Meu sogro faleceu dia 23/11/2015, homem com aparência jovem, trabalhador, bom pai e bom marido, começou a sentir umas dores na região do peito, começamos a investigar. Foi feito cateterismo e descobrimos que teria que se operar com urgência. Voltamos pra casa, mas ele sentiu mais uma dor dessas e os médicos foram imprudentes, ele faleceu com a dor no peito, infarto do miocárdio. Na missa de sétimo dia do meu sogro, minha sogra que nunca havia reclamado de nada, começou a sentir dores abdominais, começamos a investigar, descobrimos um câncer super avançado no intestino que evoluiu para uma metástase. Ela faleceu agora, dia 29/01/2016, 67 dias após a morte do meu sogro ( ressalto que ela nunca havia sentido nada). Como explicar para os filhos duas mortes tão prematuras (60 / 62 anos) tão próximos e tão de repente!? Eles eram tão cheio de vida! Tudo isso dói tanto dentro de nós. Um espírito realmente pode chamar o outro!?

Espiritualidade disse...

Oi Layana,

É uma situação muito difícil a que estão passando, perder alguém que se ama é muito triste e em datas tão próximas, mais difícil ainda.
Alguns espíritos têm ao reencarnar a capacidade de definir junto aos espíritos que cuidam dessa matéria, qual será o seu aprendizado, quando e como irão desencarnar e as provas importantes que terão que sofrer. A Terra funciona como uma escola, nela nós cursamos os anos que precisamos e passamos ou não, nas provas que são escolhidas para nossa evolução. Mas, todos nós temos o livre arbítrio e levados pelas dificuldades, pelas vaidades, acabamos nos desviando do nosso verdadeiro objetivo. Como você disse, ele era um bom homem, cumpridor de seus compromissos com a vida e a família, sua estada nessa jornada chegou ao fim e ele partiu. Claro que o amor, nos faz achar que não era a hora certa, que foi cedo, que poderia ter ficado mais tempo. Mas, só Deus sabe de todas as coisas e temos que confiar no amor do Pai.
Quanto a sua sogra, alguns espíritos amigos reencarnam conosco para batalharem por objetivos comuns, e tendo cumprido o que se propuseram, seguem o caminho de volta ao verdadeiro lar. Tente encarar dessa forma, a vida tem um tempo para todos nós, felizes os que aproveitam esse tempo cativando amigos, cumprindo suas obrigações. Sua sogra foi no tempo dela, que ocorreu pouco tempo depois do seu sogro, isso é sinal de que eles cumpriram aquilo que foi determinado pela espiritualidade superior.
Na morte, o amor, as amizades seguem juntas. Alguns espíritos sofrem ao ver os seus amados sofrendo, inconformados. O melhor que podemos fazer é emitir bons pensamentos, incentivando-os a seguirem em frente. Orar, pedindo aos Espíritos de luz que estejam ao lado dos seus, aconselhando, protegendo, guiando. Pedir também ao mentor espiritual , ao Anjo da Guarda, de cada um de sua família, que acalme os corações, que ajude para que tenham forças e coragem para continuar. Não sei a idade de seus filhos, mas, se forem crianças, conversem com eles francamente, diga-lhes que eles voltaram para outro lar, que Deus e os espíritos de luz estarão ao lado deles. E que eles podem ajudar, rezando e pedindo que sejam protegidos.
O luto faz parte desse processo, sofrer, chorar, sentir saudades e o normal, quando perdemos que amamos. Não podemos e não devemos é nos desesperar, pois esse sentimento, atrapalha aos que foram e também baixa a nossa energia. E isso pode aproximar de nossas vidas outras energias que vibram nesse sentimento de desespero, trazendo algumas complicações em nossa existência. Deus é muito bom, e com certeza tudo irá se acalmar. O tempo é o senhor de todas as coisas, tenha fé! Fique com Deus.

Anônimo disse...

Eu tenho muitas dificuldades em entender o próposito da minha vida, Tenho TAB (transtorno Bipolar Ativo) e a alguns anos não encontro motivação pra viver e me pergunto PORQUE eu tenho que viver se eu não quero, se eu tenho livre arbitrio porque eu nao posso simpelsmente decidir que não quero mais viver. Obvio que posso me matar mas isso traria um fardo muito maior! O espiritismo é a unica doutrina onde eu encontro paz, mas ultimamente nada muda com minha depressão!

Espiritualidade disse...

Oi anônimo, tenho um texto no meu blog que acho que pode lhe ajudar. Tenha fé, tudo nessa vida tem um propósito. Que Deus e os Espíritos de luz estejam com você!

Justiça das aflições.
Sempre nos fazemos algumas perguntas:

Por que uns sofrem mais do que outros?

Por que uns nascem na miséria e outros na riqueza, sem que tivessem feito coisa alguma que justifique?

Diante disso achamos que as coisas boas ou ruins dessa vida parecem tão mal repartidas, e que por isso que não existe justiça Divina. Vemos pessoas boas passando por misérias, doenças, outras egoístas e malvadas em excelente condição financeira e de saúde. Aí nos perguntamos: Onde está a Justiça de Deus?

Mas se pensarmos que não vivemos apenas uma vida, estamos aqui há milênios, já fomos ricos, pobres, homem, mulher, honesto, ladrão, injustiçados, morremos, matamos, enfim, já vivemos todos os personagens e trazemos para nossa encarnação atual todos os acertos e erros cometidos em outras vidas. Ou seja, o que fazemos aqui tem conseqüências que iremos com certeza resgatar nessa ou em outras vidas. Se pensarmos assim, veremos que não existe injustiça e sim resgate, causa e efeito.
E se formos mais fundo em nossa avaliação veremos que:
Quantos de nós caímos por nossa própria culpa, vítimas da própria imprevidência, do orgulho e da ambição?

Quantos se arruínam por falta de ordem, de perseverança, pelo mau proceder, ou por não terem conseguido controlar seus desejos e instintos?

Quantos casamentos, famílias, separadas pelo interesse, pela vaidade, sem que se tenha usado o amor?

Quantas doenças o homem adquire devido seu excessos e vícios?

Quantos pais são infelizes com seus filhos, por não os terem educado de maneira correta, dizendo não, se necessário, pedindo desculpas quando errados e com isso os ensinando também a se desculparem. Mostrando o verdadeiro significado da família e a importância da união desta?

Ao fazer esse exame de consciência, verificamos que muitas vezes nós somos os culpados de nossas aflições. E com isso paramos de culpar a vida e o destino por tantas desilusões. E quando não encontrarmos respostas para alguns sofrimentos, nós devemos parar e lembrar que não vivemos apenas uma vida, portanto trazemos de outras alguns sofrimentos. È como se estivéssemos em uma escola e ao terminar o ano letivo, não conseguíssemos passar em todas as matérias, aí ficamos em dependência, por isso, seguimos o próximo ano repetindo assuntos que já deveríamos ter aprendido.

E assim é a vida, seguimos em frente com algumas pendências e culpamos Deus, e a sorte, dizendo: Deus eu não merecia isso!!!
Será?
Não podemos voltar e fazer um novo começo, mas podemos recomeçar e fazer um novo fim.

Eduardo Santos disse...

Olá, tudo bem? Meu nome é Eduardo, minha mãe faleceu há um mês e poucos dias. Senti muita tristeza, o que é normal, me senti muito sozinho depois desse acontecimento e já tive alguns sonhos com ela depois desse fato, como por exemplo ela me abraçando, e esse sonho do abraço foi muito real, senti um amor incontrolável e em outro sonho mais recente eu estava andando e vi ela com as minhas irmãs em um banco longo e quando eu cheguei no banco ela sumiu. Gostaria de saber o que esses sonhos podem significar. Logo após esse fato não paro de me perguntar o por que de estarmos na terra e pensando muito em morte e por que eu tenho tanto que lutar pelo meu futuro se um dia morrerei, isso é apenas um sentimento vindo do luto ou seria algo á mais? Obrigado.

Carmen Leilá disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carmen Leilá disse...

Olá
Boa noite
Meu filho tem câncer e eu gostaria como explicar pra minha neta a morte dele depois que ele desencarnar

Espiritualidade disse...

Se fossemos criados desde pequenos encarando a morte de forma natural, como algo que fará parte de nossas vidas, sofreríamos menos, quando inevitavelmente isso acontecer. Não sei a idade de sua neta, mas li um artigo no site: Espiritismo na Rede, que pode ajudá-la a saber como dar essa notícia. Segue link da página em que publiquei esse artigo, achei tão interessante que o coloquei no meu blog.
http://eespiritualidade.blogspot.com.br/2016/03/falando-de-morte-para-criancas-faltam.html


Espero sinceramente que Deus e os espíritos de luz, estejam sempre ao seu lado e ao lado de seu filho. Fique com Deus.

Taiz disse...

Perdi meu irmão de 17 anos à 6 meses.Sonhei algumas vezes com ele, ouvi ele me chamando várias vezes;Quando estou muito angustiada ouço uma voz na mente, como se fosse ele falando comigo, ele diz que em breve irá reencarnar, que teremos outra chance... Isso é muito confuso
Gostaria de entender melhor sobre a telepatia entre vivos e mortos. Não sonho mais com ele mas as vezes sinto a presença dele. Porque não sonho mais, onde ele está que não aparece mais em sonho? Sera que a reincarnacão é possível em tão pouco tempo?
Eu gostaria de falar com ele, já fui em psicografias mas nada de cartas dele.

Anônimo disse...

Fazem 7 dias que perdi uma grande amiga, minha avó sempre me dizia que ela era uma ligação de alma comigo e essa propria amiga também dizia isso que nossa ligação era além dessa vida, ela tinha apenas 27 anos e se foi de uma maneira inesperada e eu não consigo aceitar e nem acreditar nem a missa de 7 dia dela eu consegui ir e isso meio que deixou as pessoas em volta chateadas comigo, pois também não consegui ir ao velório dela e eue sinto tanto por isso, vou dormir todos os dias chorando e pensando pq, pq deus teve que levar ela, e a um mes atras encontrei com um moço no hospital que me disse que eu deveria ir a uma casa espírita que eu precisa pois exalo tristeza. Não consigo encarar essa morte. O que devo fazer?

Anônimo disse...

Olá. Perdi meu pai há 25 dias, mas não paro de lembrar da noite que passei com ele no hospital, foi muito triste ele tinha muita dor e não conseguia mais falar. Não consegui entender o que ele tentava falar, ele fez muitas vezes o sinal da cruz e se debateu a noite toda de dor e sentia muita sede.Dois dias depois ele faleceu, fiquei muito triste por não ter podido ajuda-lo e não entender o que ele queria falar.Isso não sai da minha mente. Será que ele está bem, outro dia sonhei com ele, e no sonho ele estava no caixão olhou para mim e sorriu.

Espiritualidade disse...

Oi Taiz, entre em contato via email. eespiritualidade@gmail.com

Espiritualidade disse...

Perder quem amamos é realmente muito difícil! A certeza de que não mais conviveremos com os nossos amores, nos deixa com uma sensação de abandono, de solidão. Mas, com o passar dos anos e com a maturidade, sabemos que isso é inevitável e que temos que aceitar.
Nesses momentos de dor, de saudades, nos questionamos: Porque estamos aqui? Qual a finalidade de tantos aprendizados? Se for para desfazer, porque fez? E outras perguntas mais.....
A única resposta que me vem à cabeça nesse momento é a fé. Ela nos faz acreditar que existe algo mais, que Deus é perfeito, e que tudo que passamos aqui tem um fundamento. A Reencarnação é a certeza da justiça de Divina e que todos através dela, temos várias oportunidades de evolução moral. Precisamos compreender melhor o nosso semelhante, reconhecer e concertar os nossos erros. Se você observar, existem muitas coisas que pode e devem ser melhoradas e que mesmo depois de muitos anos vividos, ainda não conseguiu ter controle sobre tudo em nós. Perceba que depois de cada sofrimento, cada alegria, cada momento importante vivido, algo se transforma dentro de nós. Isso, em uma só vida agora, Imagine em muitas outras vidas, quantas lições você já viveu? Quanto você já evoluiu? Para mim esse é o sentido da vida, evoluir sempre, transformar-se, depurar-se.
Perder alguém que se ama, é muito difícil, mas, tente tirar alguma lição dessa convivência, até mesmo da não convivência! Essa relação não foi ao acaso, vocês tinham muito para aprender, muitas arestas para serem aparadas. Nossos parentes não estão em nossa vida por estar, temos sempre um motivo que nos une a eles, mesmo aos mais difíceis. Ou temos que aprender ou que ensinar, ou os dois.
Às vezes a convivência com um parente difícil, nos ensina o exercício da tolerância, da paciência. Por vezes, conviver com alguém que fale demais, alguém que impõe suas vontades, que seja autoritário. Ensina-nos o exercício de calar, de submeter-se. Não sabemos se em outra vida, fomos autoritários e por isso precisamos aprender a ceder. Por isso meu amigo, acredite que enquanto vivermos, sempre teremos algo para aprender. Observe e aproveite essa oportunidade maravilhosa de estar vivo, de estar ainda no jogo da vida.
Seja Feliz.

Mariana disse...

Olá, perdi minha mãe 3 dias. Mesmo tendo momentos de saudades sinto uma paz tão profunda. Me sinto estranha perto de outras pessoas que passaram pela mesma situação. Seria normal isso?

Rosemeire Barreto disse...

Perdi minha mãe há 42 anos,porém converso com ela todos os dias, como se ela estivesse ainda comigo. Sinto a proteção dela o tempo todo...E às vezes, choro muito de saudade.

Espiritualidade disse...

Mariana.
Não se sinta diferente,cada um tem uma forma de sentir e de expressar seus sentimentos. Se você sente essa paz, é sinal de que entende que a morte é apenas um até logo. E que irão se reencontrar um dia. Fique em paz!!!

Espiritualidade disse...

Rosemeire,

Chorar é normal, só não deve se desesperar. Conversar com sua mãe não é ruim, mas, isso não pode se tornar obsessivo. Ela, assim como você, tem uma vida a seguir, tarefas a cumprir para prosseguir na evolução espiritual. Não permita que isso se torne doentio, não fará bem nem a ela, nem a você.
Ore por ela e por você. Viva, você tem o seu tempo aqui na Terra, ele é uma dádiva divina, não o desperdice. Seja feliz, isso certamente irá fazer sua mãe também feliz.
Fique com Deus!!!

Anônimo disse...

Olá, lhe enviei um email agora pouco. Ficaria muito grata com sua resposta. Um grande abraço.

Ana Flávia disse...

Olá, minha avó faleceu a 7 dias. Uns falam que depois da morte dormimos por um tempo, mas minha tia disse que sentiu a presença dela. O que realmente acontece depois da morte?

Espiritualidade disse...

Olá Ana Flávia
É importante saber que depois da morte do corpo físico, continuamos a existir, ou seja, não existe morte. Continuamos com nossa mesma personalidade, mesmos conceitos, preconceitos, gostos, qualidades, defeitos, conhecimentos e inteligência.Somos na morte o que éramos na vida. A morte é apenas a separação do seu corpo físico,material do Espírito, corpo espiritual. Allan Kardec diz que no processo de desencarne, todos sofrem uma espécie de "perturbação espiritual", que pode variar de algumas horas a anos, dependendo da evolução de cada um. Em alguns casos os espíritos são colocados para dormir, até que se recuperem. Tudo é muito variável, cada caso é um caso, cada um segundo suas obras.
Por tudo isso, acho importante que nos informemos o máximo possível sobre a vida no mundo espiritual, todos iremos morrer um dia e quanto mais informação tivermos, melhor será a nossa compreensão do novo estado em que nos encontraremos.
Segundo a sua vó, você pode rezar e pedir ao anjo da guarda dela que a ajude nesse momento, que esteja ao lado dela confortando e orientando. O anjo de guarda é um Espírito protetor de uma ordem elevada que Deus, coloca ao nosso lado, para nos proteger, nos aconselhar e nos ajudar nas lutas da vida. Cumprem uma missão que pode ser prazerosa para uns e penosa para outros, quando seus protegidos não os ouvem seus conselhos e acabam se perdendo.
Quando desencarnamos, ele também nos ampara e quase sempre o reconhecemos, pois, na verdade, o conhecemos antes da reencarnação. Claro que tudo depende da evolução da pessoa em questão. O anjo da guarda poderá também nos guiar em outras experiências, por muitos e muitos tempos.
Fique com Deus!

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Katia Rolim disse...

Bom Bom dia!
Perdi minha mãe vai fazer 1 mês agora dia 23/05. Estamos sofrendo muito sua falta é muita saudade. Mas tenho uma filha de 2 anos e meio a qual era muito apegada a minha mãe, então não contamos nada pra ela sobre o falecimento da vovó.
Mas pegamos ela várias vezes conversando com minha mãe,como se ela estivesse ali presente. Sempre falando que está bem, feliz e que não quer que a gente chore. Isso será que realmente está acontecendo ou é algo da imaginação da minha filha? meu nome é Katia Rolim

Espiritualidade disse...

Katia Rolim, boa noite.

Tudo é possível! Quase sempre os espíritos assim que morrem levam um tempo para entender direito o que realmente lhes aconteceu. Mas não existe uma regra definida, cada espírito tem uma reação, dependendo do seu grau de evolução. Isso independe da religião que tinham. Evolução depende do nosso grau de consciência, a maneira como vemos as coisas, da limpeza de nossos sentimentos e pensamentos, do nosso desapego das coisas materiais.
Normalmente, as crianças por estarem mais próximas do mundo espiritual do que do mundo material, devido ao pouco tempo de reencarnação, conseguem ver e se comunicar com espíritos. Então, tudo é possível. Eu pessoalmente aconselho vocês a ficarem observando, não incentivando, mas também, não ignorando. Pode ser sua mãe, mas também pode não ser. Não quero lhe assustar, apenas preste atenção. Caso observe alguma atitude diferente de sua filha, dificuldade de dormir, agitação no sono, mudança no temperamento, leve-a em um centro Kardecista. Conversem com alguém da assistência do centro e conte o que está acontecendo. A princípio observe, com criança não devemos deixar pra lá.
Qualquer coisa, entre em contato, ajudarei como puder.

Katia Rolim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Olá boa tarde
à 10 messes perdi meu filho, ele faleceu em casa , estava apenas comigo e ele estava dormindo no carrinho, percebi ele muito quieto e fui mecher ele ja estava sem sinais vitais, fomos para o hospital e nao conseguiram reverter o quadro dele faleceu com 2 messes e 26 dias de vida. foi horrível pegar meu filho nos braços morto e nao poder fazer nada,durante meu sono eu sonhei com todos meus dentes caíam,e 2 hrs depois peguei meu filho morto esculto o choro dele ate hoje, morreu pq bronco aspirou leite e foi parar no pulmão.Queria saber como funciona a morte e a reencarnação para o caso do meu filho Pedro. na hr que eu peguei ele nos braços ele tava com um aspeto sofrido de dor, mas na hora do velório meu filho estava com um sorriso lindo, de ponta de orelha a orelha, nao sei como ele mudou a feição dele.
e queria saber se ele se foi triste comigo , segundo minha sogra que é umbandista disse que meu filho tinha que cumprir um tempinho com meu marido que faltava de outra vida .
sera verdade? posso tentar contato com meu filho ?
nasceu 01/06/2015
faleceu 27/08/2015

Anônimo disse...

Perdi minha mae ontem , n to sofrendo tanto, pareco estar anestesiada. Ela estava internada a 24 dias teve um infarto um avc e outro infarto que n resistiu ..
As vezes choro mt , mas meu coração tá tranquilo parece que ela ta me acalmando.
Peço todos os dias desde que se internou p o pai maior me mostrar em sonho minha mãezinha, mas eu n vi nada..
Como acalmar o coração??

Anônimo disse...

Minha vó faleceu ontem de manhã,todos estamos inconsolados.Minha mãe esta sofrendo muito,não acredito ainda em sua morte,ela tinha 68anos,mês que vem e seu aniver.Estamos sofrendo muito,como posso acalmar minha mãe?gostaria que minha vó. Viesse e acalmasse ela.Devo levala num centro espiritual?outra duvida que tenho,minha vo se converteu,foi velada na igreja Evangélica,deixamos um bilhete homenagem a nossa vo,qual uma parte dizia"saudade fica,mas alegria de saber que logo iremos nos encontrar".O pastor questionou esse dito,dizendo que se quisesse encontrar nossa vo,teríamos que seguir o mesmo caminho dela Converter.resumindo se não se converter vamos para o inferno,ou seja não reencontraremos nossa vo.Existe inferno?pq ha tanta contraditória do evangelho,dizem que não existe reencarnação,dois caminhos Céu E Inferno .

Mony Cavalcante disse...

Olá Ana Maria, primeiramente gostaria de agradecer a sua bondade de responder a todos de forma tão clara. Buscando no google sobre a morte segundo o espiritismo achei sua página e estou muito contente com tudo que li, é muito esclarecedor pra mim, eu sou Católica praticante, estou num processo de autoconhecimento muito forte, sempre acreditei nisso que nada é por acasoe que tudo tem um ppropósito e lendo sobre espiritismo pude ver o quanto me identifico e acredito nessa doutrina, estou pensando seriamente em buscar um Centro e passar a frequentar, se tiver algum conteúdo que possa contribuir com o meu conhecimento gostaria que me enviasse meu email monycante8@hotmail.com, gratidão a vc!!! Deus te abençoe imensamente!

cesar.mcm57@gmail.com disse...

Ola meu nome é Cesar. Apos ler esses relatos gostaria de postar o meu.
Perdi minha maezinha querida a 10 anos. Sinto muita saudade como temos que sentir o que é normal.
Anos antes dela falecer eu disse a ela que caso ela fosse antes de mim nao viesse se despedir pois eu tinha medo. Ou se viesse nada de aparecer no escuro etc. Rsrsrsrs
Apos isso apos seu falecimento dias apos quero dizer, eu sofrendo muito pedi para ela vir se despedir de mim. Pedi com toda forca e amor!
Duas noites depois fui dormir e instantaneamente acordei com a minha campainha tocando, levantei irritado rsrs dizendo "Como alguem vem na casa de outro domingo de manha!". Estava um dia lindo, um sol lindo. A mesa de jantar estava como eu havia deixado na noite anterior.
Fui ate a porta atender, qdo girei a chave abri fique paralizado....
Era minha mae linda juntamente com uma menininha linda com vestidinho branco cheio de babadinhos que quando eu abri a porta essa crianca entrou em casa e comecou a caminhar pelos comodos. Meu marido estava dormindo.
Olhei pra minha mae ainda na porta e disse "Mae vc nao morreu?" Ela sorriu e disse "sim mas vim te visitar, vc nao vai me convidar para entrar ?
Eu rapidamente a convidei chegamos na sala e ela ficou olhando meus moveis, pois ela nao conhecia minha casa nova. Em pe na sala perguntei se ela queria um cafe, ela respondeu que sim entao fomos na cozinha e fiz um cafe com minhas coisas.
Servi o cafe ela (nao sei se ela bebeu), em seguida levei ela pra sala de video mostrei a tv o ap de dvd liguei estava passando um clip de uma musica q gosto muito. Em seguida perguntei como ela estava e ela explicou palavras dela:
Cesar eu sofri muito quando eu morri o cancer me deixou muitas marcas, depois que eu morri fui para o Hospital cuidaram de mim.
Eu perguntei:
Como éonde vc esta?
Ela respondeu que estava em um local bonito.
Perguntei do meu pai
Ela me disse que nao estavam juntos pq ele é mais evoluido que ela.
Dai ela olhou pra mim me deu um abraco e disse:
Filho preciso ir.
Nesse momento a crianca que nao vi o rosto veio ate ela pegou na sua mao eu abri a porta dei um abraco um beijo e fechei
Instatanemente acordei e ja era dia.
FIQUEI EMOCIONADO
Sera que isso tudo foi fruto da minha cabeca? Quem era a menininha que estava com ela? Essas perguntas nao param de se repetir.
Alguem tem algo a dizer sobre?
Se sim meu email é cesar.mcm@uol.com.br (sem espaco)
Obrigado.

Espiritualidade disse...

Olá Cesar!
Que sonho lindo, ter a oportunidade de se despedir da pessoa que amamos de uma forma tão acalentadora, é uma benção. Provavelmente ela estava acompanhada de um Espírito de luz.
Do mundo espiritual ela teve a permissão de vir visitá-lo, porém acompanhada de um espírito que embora tivesse a aparência de uma criança, provavelmente era um espírito escolhido pela espiritualidade para ajudá-la nessa tarefa.
Acredito que realmente tenha vivido esse momento, quando dormimos nos desdobramos e normalmente visitamos e encontramos com afins.
Agradeça a Deus essa oportunidade, seja feliz!!!!

Anônimo disse...

Perdi minha filha de 22 anos no acidente de ônibus dia 8 junho,estava voltando da faculdade. Desde então meu mundo acabou,fico me perguntando o porquê.Nao paro de chorar.

Anônimo disse...

Olá, boa noite!
Perdi minha mãe a 9 meses para o câncer, doença qual infelizmente não temos a cura. No início eu sofri com muitos pesadelos, com algum vulto preto querendo me enforcar, me ofendendo com vários xingamentos. Me recuso a pensar que era a minha mãe porque eu sei o quanto ela me amava e de onde estiver ainda me ama. Mas eu sinto que eu não fiz o suficiente por ela, e eu gostaria de saber se ela se decepciono comigo por esse motivo. Ainda não tive nenhum contato com ela pra saber se está bem, mas todas as noites eu rezo pedindo pra que ela esteja bem. Aguardando ansiosamente para ter um sonho ou algo do tipo pra que eu fique em paz.

Espiritualidade disse...


Meus sentimentos pelo que aconteceu a sua mãe.
No mundo tudo é energia e nossos pensamentos emitem a frequência em que estamos vibrando. Por isso mude seus pensamentos, reze, vibre positivo. Fazendo isso você vai melhorar a sua energia, e entrará em uma frequência onde espíritos elevados poderão lhe ajudar. Sentimentos de culpa, medo, dúvidas, inseguranças, baixam sua vibração e na verdade não lhe ajudam em nada. Não cai uma folha de uma árvore se não for pela vontade de Deus. Sua mãe foi no momento dela e agora o que você pode fazer é rezar e pedir para que os espíritos de luz intercedam por ela. Saiba que a oração faz milagres e os Espíritos de luz estão sempre dispostos a nos ajudar, basta que peçamos com o coração e a alma leve. Neste mundo nunca estamos sozinhos, desde que nascemos temos nossos amigos espirituais nos ajudando. Nós é que acabamos nos afastando deles, mergulhado na vida de cabeça e nos perdendo no mundo. Mas eles são tão bons, que basta que os chamemos para que nos ajudem outra vez. A única coisa que é necessária para que fiquem ao nosso lado é nos elevarmos moralmente. Cuidando no que pensamos, no que dizemos e no que fazemos. Tem um poema muito lindo que nos diz tudo sobre as nossas preferências:

“Se você me disser sobre os lugares que gosta de frequentar, com segurança e rapidamente, posso dizer muito sobre você.
Alguns gostam de lugares iluminados, outros de lugares sombrios.
Uns se dão bem na limpeza, outros, coitados!...
No reino animal também acontece este fenômeno da preferência.
As abelhas frequentam as flores. E as moscas?!...
As abelhas nos dão mel.
As moscas, doenças.
Que haja muitos jardins para você se sentir feliz”.

Hermógenes Autor de Mergulho na Paz Livro: Deus investe em você

Melissa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Melissa disse...

Olá, Ana. Gostaria de uma luz. Sofri muito com uma pessoa. Mentiras, calúnias, humilhações. Amei-a e a odiei na mesma proporção e eu disse a essa pessoa que "no dia da sua morte, você me pedirá perdão". Passou-se mais de 1 ano que sequer nos falávamos ou nos víamos - sumi de todas as formas da vida dessa pessoa, mas confesso que todos os dias eu lembrava dela com um sentimento de muita mágoa. Essa pessoa adoeceu e tentou se conciliar comigo, mas a mágoa que sentia era mais forte. Passados 4 meses, após isso, comecei a me sentir incomodada pensando na pessoa (durante uma semana). Tinha dores de cabeça (não sou de ter esse tipo de dor), sentia-me intranquila (´pensando na pessoa) até que, numa madrugada, acordei subitamente e meus pensamentos estavam na pessoa - Pela manhã, soube do falecimento dela, que ocorrera exatamente no momento do meu sobressalto da madrugada. Pode ter algo a ver com o que eu falei??? Eu faço orações por essa pessoa e peço que ela encontre a paz que não teve aqui, Que encontre a luz e aceite a sua nova condição. Obrigada.

Anônimo disse...

Meu pai faleceu quando eu tinha 9 anos devido a um câncer no pâncreas que foi tomando tudo até causar falência dos órgãos. Após a morte dele, minha Tia, que é católica mas sempre conseguiu ver espíritos, o viu algumas vezes, com certa frequência principalmente em datas comemorativas da família.
Depois de uns três anos que ele havia falecido, minha tia não o via mais.
Na última terça-feira, dia 20, foi meu aniversario de 18 anos e alguns dias antes quando a família estava reunida aqui em casa eu disse que por nunca ter aceitado bem a morte do meu pai eu gostaria de ve-lo novamente (mesmo sentindo muito medo). Então na terça-feira, quando fizemos um bolinho aqui em casa, na hora do parabéns eu fui tirar uma foto com meus dois irmãos e minha tia disse ter visto ele junto de nós três de novo.
Minha tia antigamente o via de forma que ela podia identificar a roupa que ele vestia, o rosto e o corpo com detalhes, como se ainda fosse vivo mesmo. Na terça, ela disse te-lo visto de forma diferente, ela não via o corpo com clareza, nem sabia dizer se estava de roupa, só conseguia ver o rosto.
Eu gostaria de saber como que depois de 9 anos o espírito, que não vinha mais a terra, volta e volta desta forma diferente?

Espiritualidade disse...

Normalmente as aparições acontecem exatamente no dia a dia, como foi com sua tia. Segundo o site: A era do Espírito:

As aparições, geralmente se mostram com uma forma extremamente tênue, transparente, outras vezes com formas que poderíamos denominar de hesitantes ou de fraco vigor. A princípio pode surgir como um clarão esbranquiçado, onde gradualmente os contornos vão se mostrando. Outras vezes as formas são bem acentuadas, mostrando os traços de um rosto, podendo-se descrevê-las com precisão, ou melhor, o aspecto se mostra semelhante a de um Espírito encarnado.

O Espírito pode tomar a aparência que desejar, e se apresenta geralmente com aquela que melhor o identifique. Desta forma, embora como Espírito não tenha nenhum defeito corporal, ele pode se mostrar como um estropiado, coxo, corcunda, ferido, com cicatrizes, se isso for necessário para identificá-lo.
Exceto em circunstâncias especiais, geralmente, as partes que se mostram menos precisas nas aparições são os membros inferiores, enquanto a cabeça, o tronco, os braços e as mãos aparecem nitidamente. Por isso, quase sempre são vistos sem andar, mas como a deslizar igual as sombras. As vestes, normalmente, se constituem como se fossem longas pregas a flutuar acrescentadas por uma cabeleira ondulante e graciosa, estas são as características da aparência dos espíritos que já se desapegaram da vida terrena. Os Espíritos comuns, das pessoas que conhecemos se mostram, geralmente, com as vestes como o faziam nos últimos dias de sua existência.
Existem variadas maneiras para uma aparição, o porque sua tia não viu da mesma forma que antes, não quer dizer que o tempo seja o motivo da visão diferente, e sim a forma que ele se mostrou. As causas podem ser a falta de condição necessária para se tornar visível. Pois, a simples vontade NÃO BASTA para produzir esse efeito, porque a modificação do perispírito se verifica mediante a sua COMBINAÇÃO com o fluido específico de um médium. Ora, essa combinação NEM SEMPRE É POSSÍVEL, e isso explica porque a visibilidade dos Espíritos não é comum.
Espero ter respondido a sua dúvida.
Obrigada por visitar o blog e fique com Deus!!!



Anônimo disse...

Olá!! Perdi meu paizinho fazem sete dias!!! Ainda estou muito triste, pois a forma foi da pior possível.. tiraram a vida dele! Ele era uma pessoa maravilhosa, não fazia mal a ninguém!!! Minha única preocupação é saber se ele está bem!! Se consegue ver a gente, onde ele está!! São tantas dúvidas... o coração está apertado!!

Espiritualidade disse...

Oi anônimo!

Perder alguém tão importante em nossa vida como um pai, é realmente muito difícil. Meus sentimentos para você e todos os seus.
Tem muito pouco tempo da partida do seu pai, por isso existem muitas possibilidades. Tudo vai depender da evolução espiritual dele. Normalmente, pelo que leio, no caso de morte violenta, alguns irmãos precisam de mais um tempo de descanso até que entendam o que aconteceu realmente. Como falei anteriormente tudo vai depender do seu grau de espiritualidade.
Não fique pensando negativamente, tente orar e pedir que os Espíritos de luz intercedam por ele, peça que seja encaminhado para um bom lugar e que seja amparado. Vocês da família também precisam de ajuda e de amparo, não sei sua religião, mas procure ajuda espiritual, se puder tome uns passes e mantenha sempre seus pensamentos elevados.
O amor nos acompanha sempre, ele é eterno. E seu pai, agora ou quando estiver melhor não irá se esquecer disso e nem de vocês.
Sigam adiante e tenha fé, acredite que nunca estamos sozinhos e a vida é apenas uma etapa de nossa longa jornada, vocês irão se encontrar no futuro.
Seja Feliz!!!!

Ingrid Vieira disse...

Ingrid .
Olá no dia 19 de agosto sonhei que meu pai morria,acordei assustada,nao lembro ao certo do sonho ,mas lembro que ele morria. No dia 21 de agosto meu pai teve uma parada cardiorrespiratória,ficou em coma vegetativo até o dia 25 de setembro que veio a falecer. Faleceu enquanto eu cuidava dele , queria saber se esse sonho que se tornou realidade pode ter algum significado . Att

Anônimo disse...

Perdi minha bebé de 5 meses por morte subita há poucos dias. Já li muita coisa e uma delas é que por vezes estes casos são uma provação para os pais. Sinto-me bastante culpada porque antes da sua partida eu não andava bem, com ciúmes da atenção que o marido dava para ela. Também havia muita ruptura na minha família, familiares que não a quiseram conhecer devido a zangas familiares e sinto como tivesse sido um castigo. A minha bebé iluminava todos à sua volta e tenho a sensação que não desfrutei dela como devia. Penso que ela estará bem mas ainda não consigo ultrapassar o sentimento de culpa e mágoa muito grande.

Ingrid Raiol disse...

Olá, estou escrevendo pq acho que preciso conversar com alguém que entenda melhor das questões relacionadas à partida desta para uma outra vida. Perdi minha mãe há 9 dias, ela teve um infarto fulminante, ninguém esperava, eu tô me sentindo desolada, sem vontade de retomar todas minhas atividades, a lembrança dela está tão viva e isso me machuca muito. Eu já não morava com ela, estava em outra cidade quando aconteceu, mas sempre estava lá visitando ela, inclusive tinha ido lá duas semanas antes, falava com ela mais por whasapp, no mesmo dia inclusive falei com ela, foi tão repentino que às vezes não sei o que pensar. Eu passei os 7 dias após a morte dela, na casa em que eu vivi com ela a maior parte de nossas vidas, e até estava aceitando de forma tranquila, meu coração estava se tranquilizando, mas assim que cheguei na cidade em que moro meu coração começou a apertar demais e eu estou aqui só pensando nisso e não consigo me concentrar nas coisas que tenho que fazer, com imensas saudades da minha mãe, sei que não posso me desesperar mas é muito difícil, é como se tivesse ficado um vazio dentro de mim. Eu me considero espírita desde muitos anos, foi difícil para a minha mãe aceitar por ela ser extremamente católica, mas por amor ela aceitou, comprava livros pra mim sobre a minha crença, muito porque aconteciam algumas coisas estranhas comigo desde pequena e a minha mãe mesmo não entendendo muito bem acabou aceitando que eu estava me sentindo melhor no espiritismo. Acho que é o espiritismo que está me orientando, como sempre esteve, mas ãs vezes toma conta de mim a tristeza e aí fico sem saber o que fazer, tudo lembra a minha mãe, é um amor sem explicação e uma dor que não tem medida. Tenho 9 irmãos, minha mãe teve 10 filhos, se doou a maior parte de sua vida pra gente, ficar perto deles também me deixa melhor pq a gente entende a nossa dor e eu os amo mais que qualquer coisa.

Leandro Bezerra disse...

Ola , eu queria saber segundo o espiritismo , o porquê eu e meu primo ficamos arrepiados quando nos falamos ?

Leandro Bezerra disse...

Ola , eu queria saber segundo o espiritismo , o porquê eu e meu primo ficamos arrepiados quando nos falamos ?

Espiritualidade disse...

Ingrid,mesmo para que estuda e acredita na existência do espírito, na continuação da vida, enfim em tudo que o espiritismo nos ensina, não é fácil perder alguém tão importante como uma mãe. Sentir saudades, chorar é mais que normal, não se condene por isso. O que não devemos fazer é se desesperar, isso sim fará mal a sua mãe e também à você.
O tempo é senhor de todas as coisas e ele se encarregará de acalmar o seu coração. Pense em tudo que estuda. A morte não existe, sua mãe está vivendo com outra roupagem fluídica. O amor que ela sentia por você, continua vivo. Tudo que ela precisa agora é de força e encorajamento, pois ela terá que reaprender a viver como espírito e se como você disse, ela aceitou a sua crença, isso é um bom sinal, pois significa que ela irá se adaptar mais rápido do que pensa. Por isso, é importante que você lhe envie, palavras de força e incentivo. Que lhe diga o quanto a ama e que essa distância é relativa, pois vocês estarão sempre unidas pelo amor.
Reze, se agarre aos espíritos de luz e peça que intercedam por ela, que a ajudem nesse momento de passagem e que lhe transmitam toda a sua saudade e todo o seu amor.
Tudo no mundo é energia, quando pensamos criamos formas pensamentos e essas devem ser sempre positivas e incentivadoras.
Você também deve seguir a diante. O tempo de sua mãe aqui, nessa roupagem acabou, ela cumpriu sua missão. Pois ser mãe é um linda missão dada por Deus. Siga agora você a sua vida, cumpra a sua missão, procurando melhorar sempre, estudar muito e aplicar tudo o que aprender na sua vida cotidiana. Lembre-se que daqui só levamos o que somos e nada do que temos. Faça o seu melhor e seja feliz. Que Deus e os espíritos de Luz estejam com você e com sua mãe.

Espiritualidade disse...

O Leandro, o fato e ficar arrepiado, pode ser por muitos motivos. Talvez vocês já tenho vivido outras vidas juntos, por isso o espírito de vocês se reconhecem. Isso tanto para o bem, quer dizer, se esse arrepio for positivo. Ou para o mau, caso seja um arrepio, negativo.
Não sei se era isso que gostaria de saber, mas, só dou respostas dentro da doutrina que estudo. Fique com Deus e seja feliz.

Anônimo disse...

Bom Dia, perdi o meu namorado há 6 meses por mais que o tempo passe ainda dói muito a falta dele e a saudade parece que aumenta a cada dia. Ele sempre vem nos meus sonhos, já aconteceu em dia de muita saudade e dor ele veio no meu sonho e mim disse que era mentira e ele não estava morto. Tenho muitos sonhos com Ele e nos sonhos sempre estão relacionado com alguma coisa que aconteceu ou acontece algo semelhante ao sonho, tem sonhos que eu sinto a presença dele quando eu acordo . Esses tipo de sonho tem algum significado?

Tania Cristina disse...

Bom Dia, perdi o meu namorado há 6 meses por mais que o tempo passe ainda dói muito a falta dele e a saudade parece que aumenta a cada dia. Ele sempre vem nos meus sonhos, já aconteceu em dia de muita saudade e dor ele veio no meu sonho e mim disse que era mentira e ele não estava morto. Tenho muitos sonhos com Ele e nos sonhos sempre estão relacionado com alguma coisa que aconteceu ou acontece algo semelhante ao sonho, tem sonhos que eu sinto a presença dele quando eu acordo . Esses tipo de sonho tem algum significado? Quando ele vem no meu meu sonho ele quer realmente mim dizer algo?

Espiritualidade disse...

Sinto muito pela sua perda, sei como é difícil perder quem amamos. Mas, ele tem razão quando em seus sonhos lhe diz que está vivo, pois, a morte não existe e por isso ele vive, só que em outra dimensão. Existem várias explicações para os sonhos, uns podem ser apenas fruto de sua saudade. As vezes a sua mente lhe oferece esse consolo par aliviar a tristeza. Mas, pode ocorrer encontros no mundo espiritual. Quando dormimos, o nosso espírito se desprende do corpo e se encontra com afins, isso pode está ocorrendo com você. Nem todos lembram desses encontros, você tem a benção de recordar.
Procure rezar e pedir aos espíritos de luz que intercedam pelo seu namorado, que o ajudem a compreender o que lhe aconteceu e a seguir em frente. Você também precisa de ajuda para continuar sua caminhada, pois tem muito ainda para viver. A vida é assim, nos encontramos na Terra, cada um com sua missão e suas necessidades de aprendizado. Todos temos um tempo certo para aproveitar e crescer moralmente. Seu namorado, terminou a jornada dele, mas, você precisa continuar a sua. Peça forças ao seu anjo da guarda para que ele lhe ajude a compreender e aceitar os desígnios de Deus.
Procure ler, posso lhe sugerir os livros do Espírito Patrícia, psicografados por Vera Lucia Marinzeck, eles falam da vida após a morte de maneira muito simples e cativante.
Aconselho também a estudar Kardec, lá você encontrará todas as informações necessária para compreender melhor o Espiritismos.
Espero ter lhe ajudado, fique com Deus, siga adiante e seja feliz!!!

Silvia Regina disse...

Meu irmão faleceu a 15 dias afogado e está sendo muito difícil principalmente para meus pais. No dia que ele morreu meu sobrinho filho dele de 8 anos sonhou com ele e ele disse que o amava muito e que ia esta sempre com ele! Eu tenho tanta vontade de sonhar com ele mas não consigo!

Silvia Regina disse...

Meu irmão faleceu a 15 dias afogado e está sendo muito difícil principalmente para meus pais. No dia que ele morreu meu sobrinho filho dele de 8 anos sonhou com ele e ele disse que o amava muito e que ia esta sempre com ele! Eu tenho tanta vontade de sonhar com ele mas não consigo!

Espiritualidade disse...

Tenha calma Silvia, perder quem amamos não é fácil mesmo. Mas a fé é o que nos sustenta nesses momentos de dor e saudades. Agarre-se com Deus e os Espíritos trabalhadores de luz, peça que cuidem do seu irmão e que acalme o coração de todos vocês. A oração tem um imenso poder, ela nos liga ao mundo espiritual e quando feita com amor e fé, sempre é ouvida. Tudo acontecerá no tempo certo!
Fique com Deus pois ele estará sempre com você!!!!

Demesio Santos disse...

Boa noite meu nome e Luciana perdie meu filho demesinho de 13 anos afogado tentei salva e mim afoguei meu esposo tentou e se afogou minha filha de 6 pulou e a piscina tinha 4mm e a gente não sabia estou desesperada será que era a hora dele pq todos se salvaram até minha filha tão pequena eu meu marido e pq so ele morreu choro todos os dias sem parar entro em desespero acho que não era a hora dele sonho com ele todos os dias ele morreu dia 02/10/16 mim ajuda pelo amor de Deus...

Demesio Santos disse...

Boa noite meu nome e Luciana perdie meu filho demesinho de 13 anos afogado tentei salva e mim afoguei meu esposo tentou e se afogou minha filha de 6 pulou e a piscina tinha 4mm e a gente não sabia estou desesperada será que era a hora dele pq todos se salvaram até minha filha tão pequena eu meu marido e pq so ele morreu choro todos os dias sem parar entro em desespero acho que não era a hora dele sonho com ele todos os dias ele morreu dia 02/10/16 mim ajuda pelo amor de Deus...

Demesio Santos disse...

Boa noite meu nome e Luciana perdie meu filho demesinho de 13 anos afogado tentei salva e mim afoguei meu esposo tentou e se afogou minha filha de 6 pulou e a piscina tinha 4mm e a gente não sabia estou desesperada será que era a hora dele pq todos se salvaram até minha filha tão pequena eu meu marido e pq so ele morreu choro todos os dias sem parar entro em desespero acho que não era a hora dele sonho com ele todos os dias ele morreu dia 02/10/16 mim ajuda pelo amor de Deus...

Demesio Santos disse...

Responde pelo amor de Deus preciso fala com ele de tanta dor

Demesio Santos disse...

Responde pelo amor de Deus preciso fala com ele de tanta dor

Espiritualidade disse...

Calma Luiana.
Sei como deve estar sendo difícil entender a perda de alguém tão menino ainda. O natural da vida é que o filho cresça, se desenvolva, tenha seus próprios filhos e morra depois dos pais. Por isso, quando um filho morre, os pais são dolorosamente obrigados a repensar tudo aquilo que consideravam “normal”, porque suas vidas foram afetadas de modo irreparável pela imensa perda que destruiu os sonhos e a esperança. Mas todos temos um tempo a cumprir aqui na Terra, uns precisam de mais tempo para aprender e evoluir, outros um tempo menor para cumprir o que lhe foi determinado. A perda de um filho nos abala mais profundamente porque afeta toda a nossa vida, tudo que pensamos e planejamos para esse ser. Toda essa tristeza gera sentimentos de raiva, angustia, impotência, desespero. Mas é preciso ter fé, e saber que para cada um de nós, existe um planejamento a ser cumprido e nem sempre conseguimos entender e aceitar os acontecimentos da vida. Chorar, sentir saudades, não compreender, são sentimentos que são legítimos diante da sua perda. Mas, você precisa seguir adiante. Agarre-se a alguma coisa que possa fazer você reverter toda essa dor em prol de algo. Em vez de ficar repetindo em sua mente o por quê? Em nome desse amor, crie um objetivo, um motivo para continuar. Lembre-se que outras pessoas precisam de você e se essa prova tão difícil aconteceu é porque você tem forças para seguir adiante.
Reze, peça aos Espíritos de Luz que lhe ajudem a entender e a se resignar. Deus nunca nos deixa só, certamente ele colocou ao seu lado amigos que estão lhe estendendo a mão e irão ajudá-la a seguir.
Tudo é muito recente ainda, você deve chorar seu luto, mas acredite tudo irá clarear, agarre-se a sua fé, não desista. Sua vitória será a vitória de seu menino, vocês precisam um do outro para vencer essa batalha, ele certamente conta com sua força para também não sucumbir. A morte não existe, ele está vivo como espírito e um dia vocês irão se encontrar. Para que esse encontro seja em um lugar lindo e de muita evolução, vocês precisam se ajudar. Você deste lado da vida e ele do outro, mas juntos e sendo amparados pelos amigos espirituais.
Seja forte, ore, ore ore.


Nunca Deixes de Orar
Quando estiveres a ponto de desistir de uma ação edificante, ora e continua até o fim.
Quando te encontrares no momento de cometeres um erro, ora e resiste com tranquilidade.
Quando percebes que as forças não te auxiliarão no trabalho do bem, ora e reanima-te, chegando ao termo planejado.
Quando fores aliciado para uma situação vexatória,ora e retorna o teu equilíbrio.
Quando te sentires abandonado pela pessoa em que confias ou a quem amas, ora e tem paciência, permanecendo no teu posto.
Quando, desarvorado, desejeis tombar, sem.mais estímulo, ora e te serão concedidas as resistências para o triunfo.
Não deixeis nunca de orar!

Unknown disse...

Sou Gisele minha vó morreu a 3 anos no dia que minha vó morreu minha tia que não morava no Brasil passou uma mensagem para minha tia que estava no Brasil perto do corpo da minha vó e falou. Sandra vou dormi mais a mamãe morreu agora vai uma por uma (minha vo tem seis filhas) e ela se matou. A seis meses atrás minha mãe caiu e morreu e sexta feira minha tia faleceu então já se foi 3 das 6 irmãs. Não sei se é uma coisa orrivel que eu vou falar mais será que a primeira q morreu tava certa no q ela falou

Giselle Alvarez disse...

Nenhuma resposta

Espiritualidade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Espiritualidade disse...

Oi Giselle


Primeiramente, tenha calma. Você disse que sua avó morreu a três anos e que ela se matou, 2 anos e seis meses depois morreu sua tia e agora sua mãe. Tudo pode ser uma grande coincidência. Todos nós que estamos aqui na Terra encarnados, iremos morrer um dia. Isso faz parte da vida dos seres desse planeta escola. Então não entre em desespero, tenha fé e acredite que não estamos sozinhos, nada nessa vida acontece por acaso, há sempre uma razão de ser.
O fato da sua tia ter dito que iria uma por uma, não quer dizer que seja uma maldição ou coisa assim. Normalmente é assim mesmo que acontece nas famílias grandes. Tirando a sua avó, que tirou a própria vida, interrompendo sua programação original ( livre arbítrio). As outras foram no seu tempo certo, naquilo que provavelmente foi programado, segundo a necessidade de aprendizado de cada uma. Por isso, peço que fique forte, pois se acreditar que não estamos sós e que existe uma força superior olhando por todos, não terá esse tipo de preocupação.
Você precisa ler as obras de Kardec e os livro psicografados por Francisco Candido Xavier. Neles você verá que tudo nessa vida tem uma razão de ser e que cada um recebe conforme suas obras.
Reze, peça ao seu anjo protetor que tire todos esses pensamentos de sua cabeça, que lhe proteja e que interceda por todos que partiram de sua família e principalmente pela sua avó.
Se você puder, procure um Centro Kardecista para pedir que lhe orientem (procure a orientação fraterna), tome uns passes.
Tudo ficará bem, não cai uma folha da árvore se não for pela vontade de Deus. Fique em paz!!!

Aline Santos disse...

Olá...gostaria de saber pq sonho tanto com a minha mãe ela partiu há 2 anos, tbm sinto um arrepios bem diferentes pode ser minha mãe que vêm me visitar.Tenho muita saudades dela ainda não aceitei que ela se foi.Att:Aline

Aline Santos disse...

Antes da minha mãe partir há 2 anos, eu tinha sonhado um mês atrás que minha sogra tinha falecido e meu marido não chorava mais eu sim ,depois de um tempo a minha mãe faleceu será que foi Ul aviso.

Aline Santos disse...

Antes da minha mãe partir há 2 anos, eu tinha sonhado um mês atrás que minha sogra tinha falecido e meu marido não chorava mais eu sim ,depois de um tempo a minha mãe faleceu será que foi Ul aviso.

Aline Santos disse...

Olá...gostaria de saber pq sonho tanto com a minha mãe ela partiu há 2 anos, tbm sinto um arrepios bem diferentes pode ser minha mãe que vêm me visitar.Tenho muita saudades dela ainda não aceitei que ela se foi.Att:Aline

Espiritualidade disse...

Oi Aline, veja como é abençoada, respondo tanto emails de pessoas desejando sonhar com entes queridos e não conseguem. Agradeça essa benção de poder matar as saudades de alguém que foi tão importante para você.
Você disse sentir arrepios, podem haver várias explicações, inclusive uma mediunidade que precisa ser conhecida.
Leia os livros de Kardec, as obras de Chico Xavier, estude sobre o espiritismos, conhecendo você poderá encontrar respostas para suas dúvidas.
Se você puder, procure uma casa Kardecista, tome uns passes e veja se pode colocar o nome de sua mãe para orações. Nas casa kardecistas você também encontrará o atendimento fraterno e poderá obter a ajuda necessária.
Fique com Deus!!!

Aline ribeiro disse...

Muito obrigada,por me responder vou procurar uma casa espírita pra me ajudar e fazer os passes ...muito grata!!

Aline santos disse...

Muito obrigada,por me responder vou procurar uma casa espírita pra me ajudar e fazer os passes ...muito grata!!

Anônimo disse...

Olá, minha avó faleceu faz 2 dias, ela tinha Alzheimer e um coração bem fraco devido a cirurgia feita a 6 anos e no último ano um dos filhos dela afastou todos dela, não a deixava visitar. Ainda mais eu e minha irmã que crescemos ao seu lado. Desde a notícia de sua morte, me senti esperançosa por saber que agora ela não sofreria mais e ficaria melhor.Eu aceitei e estou sabendo lidar com a morte, pq sei que ela ainda está viva. É errado não estar tão triste quanto os outros? E será que ela não vai me entender errado e ficar brava ?

Espiritualidade disse...

Olá anônimo,

Não se sinta culpada por isso, cada pessoa sente a morte de uma forma. E você tem o seu modo de sentir. O fato de você ter a certeza da vida depois da morte, lhe dá esse amparo emocional. Esse pensamente que ela agora está sofrendo menos pois, se livrou do sofrimento que é o aprisionamento da mente, é um sentimento desprendido de posse.
Provavelmente ela esta sendo tratada em um hospital espiritual, até que sua mente se recupere. Todos nós quando reencarnamos temos missões, tarefas a serem cumpridas, vários caminhos nos são dados durante a nossa encarnação. Nada nesse mundo acontece por acaso ou sem motivo, sempre há uma razão. Agora o que sua avó precisa e de orações, você pode ajudá-la pedindo aos Espíritos de luz que estejam com ela e que a auxiliem nesse momento de mudança.
Seja feliz e siga a sua vida, cumprindo a sua missão da melhor maneira que puder. A vida é muito curta e quando o trem da vida passa, não há mais tempo para nada, nem despedidas.
Fique com Deus!!!!

Schmidt Tvalenha disse...

Olá, perdi meu filho recentemente (24/11) num acidente trágico em Maringá-Pr, e embora achemos que sabemos e conhecemos tanto sobre o tema "morte" e suas abordagens nas mais diversas formas de religiões....eu não tinha idéia dessa dor tremenda que ainda continuo sentindo, e de difícil assimilação...cheguei a questionar, e ainda não compreendo como alguém tão jovem partiu tão cedo...sou colecionador de revistas e gibis antigos, seriados, desenhos e comerciais, no dia 04/12 ele completaria 24 anos de idade e resolvi fazer um vídeo em sua homenagem, através de uma linda canção, com a tradução livre para o português e mais algumas questões onde há acompanhamento musical...espero que gostem. Meu canal no Youtube é TV A LENHA, tenho um blog também, me chamo Schmidt. Obrigado e excelente blog este aqui...parabéns!

Se puderem acessar, agradeço imensamente:

https://youtu.be/tciZoFgPHIY

Anônimo disse...

Eu sou apaixonada pelos meus avôs,! 1 morreu quando eu tinha apenas 3 anos, mas sinto uma grande conexao com ele, nao o vejo sem me comunico e pra ser sincera nem sei se acredito nessas coisas. Mas sinto amor, uma conexao de alma, acho estranho pois nao tenho memorias com ele, só minha familia que falou que eramos grudados! O outro faleceu esse ano, e a dor e a saudade da perda sao impossiveis de descrever! Enfim... Estou pesquisando mais sobre o espiritimo e pelo amor que sinto por eles nao quero decepciona-los. Me sinto vigiada e triste por decepcionalos quando faço algo de errado (qualquer besteirinha). Minha pergunta é: Eles podem me observar sempre? Agradeço desde ja. Bj

Jéssica disse...

Olá, achei seu blog e lendo alguns comentários me fez bem.
Perdi meu pai a 1 mês, já sonhei com ele duas vezes, como se fosse por engano e ele morria novamente.
Ontem um conhecido também sonhou que tinha sido engano.
Ainda não caiu a ficha, nós sempre fomos unidos e ele estava muito feliz porque ia ser avô, eu não consigo entender porque Deus tirou ele de mim tão rapido e derrepende, ele teve um infarto agudo e também vi tudo.
Minha mãe não consegue aceitar e estamos muito abalados.
O que esses sonhos podem significar? o que fazer para amenizar essa dor e raiva por ele ter ido ?? Obrigada desde já

Anônimo disse...

Meu pai faleceu subitamente de enfarte no dia 01/12/16, eu e toda minha família ficamos chocados e perdidos por essa separação repentina. Tenho 15 anos e sinto muitas saudades e as vezes acho que isso tudo não pode estar acontecendo conosco, me sinto fora do contexto.
Esta semana, após um passe espírita, sonhei como meu pai chegando em casa, da maneira como sempre chegava, falando alto e brincando, e eu e minha mãe nos olhamos estarrecidas porque ele estava morto havia quase 1 mês. Então ele olhou para nós e disse que havia passado muito mal, mas que não tinha morrido, nós ficamos contentes e eu disse para minha mãe (no sonho) de que teríamos que ficar cuidando de meu pai, se ele tivesse dor ou mal estar levá-lo para a emergência rapidamente para que não morresse.
Esse sonho mexeu muito comigo, será que ele quis me dizer alguma coisa? será que o espírito dele ainda não entendeu que desencarnou?
Estou muito aflita, me ajude por favor!

Espiritualidade disse...

Olá Anônimo, meus sentimentos!!!!!
Não se impressione com seus sonhos, eles podem significar muitas coisas ou nada. Continue frequentando o Centro Espírita, tomando passes e se possível assistindo palestras. Elas irão lhe esclarecer sobre a vida, sobre o desencarne, sobre a vida no mundo Espiritual. Se possível, leia alguns livros. Na sua idade, seria bom se lesse toda os livros de Patricia, psicografado por Vera Lucia Marinzeck:

Violetas na Janela: Você vai se encantar por esse livro, linguagem fácil e com muitas informações sobre o desencarne.

Vivendo no Mundo dos Espíritos: Nesse Patrícia nos leva a conhecer um pouco mais do mundo dos Espíritos.

A Casa do Escritor: Trata-se de uma colônia onde Espíritos estudam e são preparados para, no futuro, serem escritores.

O Vôo da Gaivota:Patrícia nos mostra o triste destino daqueles que se envolvem no mundo das drogas.

O mais importante é orar, reze e peça aos Espíritos de luz pelo seu pai, para que ele seja ajudado pelos Benfeitores Espirituais. Peça também ao seu anjo guardião que esteja ao seu lado e sua mãe também pode e deve orar e ler.
O tempo é senhor de todas as coisas e ele vai se incumbir de acalmar seu coração. Tenha fé, e a certeza que tudo o que você tá sentindo é normal e faz parte do luto. Perder quem amamos é sempre muito triste. Fica na paz, se precisar entre em contato.

Espiritualidade disse...

Olá Jéssica, sinto muito pela sua perda.

Acredite, seu pai não morreu, ele apenas voltou para o mundo Espiritual, de onde todos nós viemos e um dia voltaremos. Sei como é difícil perder alguém tão próximo e que fará tanta falta na sua vida. Eu também perdi meu pai e sinto até hoje sua falta. Deus não tirou ele de vocês, todos nós temos um tempo a cumprir aqui na Terra. Como já disse algumas vezes, esse é um planeta escola. Encarnamos para aprender algumas lições, através da convivência, dos sofrimentos, das dificuldades, das alegrias, das doenças e também da saudade. Tudo nesse planeta é feito para que melhoremos como seres humanos, através dos sofrimentos aprendemos a dar valor as alegrias. Da saudade, aprendemos como as pessoas são importantes e como devemos ser gratos pelo convívio do dia a dia. Todas essas lições, nos tornam pessoas melhores, e a cada encarnação temos novas oportunidade de aparar arestas convivendo com desafetos do passado.
Com a família aprendemos a tolerância, a doar, a dividir, a amar sem cobranças.
Deus é muito bom e através da reencarnação nos permite crescer e amadurecer espiritualmente.
Não alimente esse sentimento tão ruim que é a raiva, ele corrói, destrói e aproxima de nós energias negativas que só pioram e nos fazem sofrer mais. Pensem que Deus é amor e que esse netinho que está chegando é a prova disso. Fecha--se uma porta e abre-se uma janela. Encha o seu coração de amor e receba esse ser que chega com muito carinho. Ele vai trazer alegria e esperança.
Seu pai não morreu, não existe morte, apenas mudamos para outro lugar! Sinta amor, transmita amor par ele, lhe forças para seguir adiante, ele também precisa sentir que vocês estão fortes. O amor segue conosco sempre, e a energia dos bons sentimentos, chegará até onde ele está como se fosse um incentivo.

Leia se for possível toda os livros de Patrícia, por Vera Lucia Marinzeck. Você irá entender, como o amor passa para o outro lado da vida. Como através dos sentimentos bons, vocês poderão estar sempre conectadas a ele.
Esqueça os sonhos, nem sempre eles são o espelho da realidade.
Tenha fé, reze, peça ajuda aos Espíritos de Luz. Tudo vai dar certo.

alex disse...

Olá,perdi minha namorada a um mes, ela cometeu suicídio, ela criou uma situação na cabeça dela onde eu queria me livrar dela ou que tinha outra,o que não era verdade. Desde então um sentimento de culpa me dilacera o peito uma pressão muito grande que parece que vai explodir.Ela falava comigo durante a noite do ocorrido dizendo que faria e eu não acreditei,mandei ela dormir e disse que no dia seguinte conversaríamos.Será que hoje ela ve que estava errada, sabe que eu a amava muito.? Desde então estou frequentando uma casa espírita em busca de ajuda pra mim e pra ela.Mas o sentimento que eu tenho é que jamais serei feliz novamente e isso esta acabando comigo.

Espiritualidade disse...

Olá Alex!!

Em primeiro lugar, gostaria que soubesse que sinto muito por tudo que lhe aconteceu, imagino como deve ser difícil essa situação.

A luz da doutrina, o suicídio é uma atitude individual, de livre arbítrio e pode ser causada por vários motivos, entre eles o desespero e o sofrimento que pode ser de cunho emocional ou sentimental. Do ponto de vista da Doutrina Espírita, o suicídio é considerado um crime e na maioria das vezes essa atitude é tomada com a finalidade de se livrar de uma dor, de um sofrimento muito grande. Mas, isso não significa que você tenha causado essa dor. As vezes a própria pessoa se encontra em um estado de grande desiquilíbrio e acaba criando motivos, fatos, que para ela justificam tal ato. Isso não deixa de ser um atitude egoísta, pois o suicida só consegue enxergar a si e não se preocupa com o mal que irá causar aos que lhe amam.
No caso de suicídio, o espírito após despertar, normalmente é acometido de uma grande confusão mental,não compreende o que de fato aconteceu. Esse estado pode levar bastante tempo, até que se equilibre e que sua vibração melhore.
Não se desespere, tenha fé, Deus nosso pai não desampara seus filhos, por mais que se equivoquem e se desviem. Ninguém está condenado ao sofrimento eterno. Todos terão novas oportunidade, serão ajudados.
Para a moça, oração,oração, oração, mas não faça diretamente a ela, peça ao seu anjo da guarda que interceda no mundo espiritual . Já que está frequentando uma casa de luz, coloque o nome dela na prece dos desencarnados, isso certamente irá ajudar muito.
Pense um pouco em você, não se puna tanto, tenha fé e acredite na espiritualidade. Nada você poderia ter feito, se existe uma lei que é respeitada no mundo carnal e espiritual, essa lei é o livre arbítrio. Somos responsáveis por nossas ações e responderemos pelas nossas escolhas e atos. No mundo tudo é energia, atraímos para jundo de nós as mesmas energias que emitimos, por isso pare de se punir e de sentir pena de você. Sua vida continua e você tem responsabilidade com ela. Faça o melhor que puder, siga adiante, faça caridade, doe sempre o seu melhor. Seja Feliz, você merece!!!!!

Aproveite sua estada na casa Espirita e estude. Leia Kardec, leia André Luiz, psicografado por Chico Xavier. O conhecimento é a melhor arma!

Erga a cabeça e viva sua vida, você é responsável pelos caminhos que seguir.

Fique com Deus!!!!

Ianka Souza disse...

Oi, então, aconteceu algo minha mãe, na noite passada, ela teve um "sonho" diz ela que era como se estivesse acorda, é nesse sonho ela foi para um lugar viu guerra , sangue, pessoas gritando, e nisso ela sentiam muito frios,e tremia muito, deu febre forte nela, ela passou a madrugada assim tremia tanto que na manhã seguinte seus músculos estavam doloridos.
E aí vem a notícia que uma pessoa querida dela avia falecido o que pode se.

Espiritualidade disse...

Quando dormimos desdobramos, com esse desdobramentos podemos ir no passado, em outras terras e até outros planetas. Muitas coisas podem ter acontecido, sua mãe pode ter visitado seu registro akáshico, nesse registo estão guardadas as memórias dos acontecimentos de todas as nossas vidas, sejam as do passado, as do presente ou das que ainda iremos vives no futuro, conforme as ações e as escolhas que fizermos na vida atual.
Pergunte a ela se isso já aconteceu outras vezes?
O Livro dos Espíritos, na questão 401, adverte que o espírito jamais está inativo. Enquanto o corpo físico repousa, o espírito encarnado se vê em relativa liberdade e tem condições de entrar em contato com outros espíritos.
Aconselhe que ela vá a um Centro Kardecista e tome uns passes, isso pode ajudar na limpeza de seu perispírito. Ela também pode conversar no Centro com as pessoas do atendimento fraterno e falar sobre esse sonho. Antes de dormir diga-lhe que faça uma oração ao seu anjo da guarda e peça proteção durante sua noite de sono.
Espero ter ajudado, fique com Deus!!


ainda amo disse...

Oi, meu namorado faleceu a 7 dias (assassinado e queimado) 2 dias antes estive com ele e estávamos muito bem, desde o primeiro olhar foi diferente para nós, eu senti, sempre foi um amor tranquilo, paciente, companheiro, unidos ele demonstrava me amar. Ele era bem evoluído espiritualmente generoso bondoso trabalhador esforçado tinha uma vida cheia de sonhos e vinha realizando todos. Ele falava que qria seguir a vida dele mas antes tinha que deixar o pai e a mãe bem (alguns dias antes de falecer tinha aposentado o pai). E depois do ocorrido a mãe dele que até então não me conhecia me contou que no fim de semana que seria após a partida ele ia me apresentar a família pq eu era a que ele ia casar. Me pergunto porque não pudemos realizar nossos sonhos?? Por que uma morte tão brutal com uma pessoa tão evoluída e bondosa? ? Será que era a hora dele ou foi tirado o direito de viver?? Pior que eu amo ele é como disse sempre soube que era ele meu amor de verdade aquele que você espera com paciência, tranquila por saber que você pode confiar.

Espiritualidade disse...



Infelizmente a violência se agrava a cada dia. São tantas as notícias de mortes violentas, que nem temos vontade de ver o noticiário. Toda essa violência e agressividade, é fruto da imperfeição moral do homem, Espíritos encarnados que ainda não conseguiram aprender o verdadeiro significado do amor.
A Terra é um planeta em evolução, onde vivem espíritos imperfeitos que aqui encarnam e, através do sofrimento, da dor, das doenças, dos cataclismos, vão se depurando a cada encarnação e melhorando sua condição moral.
Sei que o primeiro pensamento que temos diante de uma morte tão prematura e violenta é: "Deus não está sendo justo". Mas, existe uma máxima no Espiritismos que diz " a cada um segundo tuas obras". Em alguns casos a desencarnação violenta faz parte de seu cronograma reencarnatório devido a erros contraídos em vidas passadas . Segundo o livro dos Espíritos na questão 853-a, nós só morreremos quando a nossa hora é chegada, com a exceção do suicídio. Vivemos várias vidas e, em cada uma, experiências diferentes com mortes diferentes. Sendo o objetivo da reencarnação melhorar o ser e, esse só aprende com a experiência na carne, algumas pessoas reencarnam com o compromisso de morrer violentamente, para resgatar débitos do passado.
Isso não quer dizer que o autor do crime estará livre de arcar com o seu ato. Ele não foi programado para isso no mundo espiritual, suas atitudes são de sua inteira responsabilidade. Tem o livre arbítrio e responderá no futuro, nessa ou em outra vida.
Sei que é muito difícil compreender todas essas coisas, mas, o que você precisa saber é que Deus ama seus filhos, a lei divina é o amor e todos terão uma nova oportunidade. Até que um dia, não mais haverá necessidade de sofrimentos e dores.
Neste mundo estamos todos caminhando para o mesmo fim, chegar ao Pai. Uns chegarão mais cedo, outros levarão mais tempo. O seu namorado, segundo o que diz, era um bom rapaz e não merecia tal acontecimento. Essa é a nossa maneira de ver as coisas, pois estamos aqui encarnados e só temos a visão deste capítulo do livro da vida. Certamente ele sendo a pessoa que descreveu, estará hoje em um bom lugar, amparado por espíritos amigos que irão ajudá-lo a se recuperar. Mesmo assim ele, e todos vocês, precisam de prece, de força espiritual, de fé. Não sei qual a sua religião mas, se puder, coloque o nome dele na prece para desencarnados em um Centro Kardecista, ou, ser for Católica, mande rezar missas para ele.
Dependendo do grau de adiantamento espiritual, cada espírito reage de uma forma diferente à passagem para o mundo espiritual, principalmente sendo de forma tão violenta. No entanto todos passam por períodos de perturbação e dificuldades de adaptação, cada um em graus distintos. Por isso rezar por eles, é sempre o melhor a ser feito. O amor que sentimos pelos que ficam, segue conosco. Sentir o incentivo e a preocupação dos que amamos, serve de força para suportar a saudade que existe dos dois lados. O que não devemos fazer é nos desesperarmos, pois, esse sentimento deixa o espírito angustiado.
Tente não cultivar sentimentos como vingança, ódio e outros de baixa vibração, eles só prejudicam quem os sentem. Atraem energias de baixa vibração e não ajudam o alívio da dor dele e nem da sua.
Sei que você o ama, sente sua falta e com ele não deve ser diferente. Transforme esse amor em vibração positiva, você precisa continuar sua vida. Sua encarnação na Terra é uma dádiva divina, acredite que muitos espíritos estão esperando ansiosos por uma oportunidade nesse Planeta Escola. Sua vida tem um fundamento, você tem a sua missão a cumprir e nada nessa vida é por acaso. Se vocês se encontraram nesse mundo é porque algo tinham de muito importante para viver. Isso não é o fim, pois o fim não existe. Vocês terão outras oportunidades, tente tirar o melhor desse amor. Transforme isso e motivação para boas ações.Não existe morte, apenas voltamos para o nosso verdadeiro lar. A Terra é só uma pequena passagem na eternidade de nossas vidas. Se puder, leia e estude kardec...

caritas brito disse...

Boa noite,minha mae teve um segundo avc e estar no hospital deseganada pelos medicos,estou fora do Pais e nao posso estar com ela nesse momento,nasci no espiritismo mas doi muito,faço prece pedindo auxilio a minha mae e tento mandar vibrações positivas para que ela possa ficar calma e tranquila mas tb peço a Deus a cura para ela.Choro muito.Com uma foto dela posso conversar com ela,tento dar força a ela são 9 anos sem ve-la.Liguei no dia que ela teve seu segundo avc mas nao deu tempo de fala, de escultar sua voz nem pedi perdão.

Espiritualidade disse...

Olá Brito,

Sendo Espírita você sabe que nada nessa vida acontece por acaso e que mesmo que estivesse por aqui nada não mudaria o que hoje está acontecendo. Rezar é o melhor a ser feito, peça a corrente de Bezerra de Menezes que interceda nesse momento aliviando o sofrimento dela. Você pode também quando for dormir, pedir ao seu anjo da guarda que o ajude a encontrá-la em sonho para que vocês possam conversar e se perdoar. Como Espírita você sabe que isso é possível pois, quando dormimos nos desdobramos e ajudado pelos irmãos de luz, você poderá ser levado junto de sua mãe. Tenha fé, para Deus nada é impossível.

Jobson disse...

Olá, me chamo Jobson, perdi meu companheiro há um mês e 11 dias hoje. Ele faleceu vítima de um acidente de trânsito. Estávamos juntos há três anos e 7 meses. Tenho vivido dias difíceis, ainda de aceitação em relação a tudo o que aconteceu, sinto a falta dele em tudo, éramos muito companheiros. Hoje me sinto só, desamparado. Sei que a vida continua, mas está difícil ter que reaprender a caminhar sozinho novamente. Acredito que principalmente, numa relação como a nossa, homoafetiva, pois vivemos numa sociedade muito preconceituosa, e as vezes se quer posso desabafar com alguém, pois nem sempre sou compreendido, ou até mesmo respeitado. Eu sou cristão, acredito em Deus, porém, não frequento a nenhuma denominação de igreja no momento. Eu queria uma orientação sobre como proceder neste momento, estou buscando forças para continuar a caminhada, estou sofrendo muito, não me envergonho em dizer isso, a sensação que sinto é como se parte de mim estivesse morrido, me sinto incompleto. A sensação de não ter nenhum tipo de notícia dele é horrível, não sei se ele está bem, se está sofrendo, sentindo dor, se sente frio e fome. Tenho vivido atordoado com esses pensamentos, isso me sufoca as vezes. Desde já agradeço.

Jaqueline Botelho disse...

Perdi meu marido há quatro meses e não consigo aceitar. Ficar sem ele está sendo muito difícil. Ele morreu nos meus braços e não pude fazer nada. Me ajude o que posso fazer pra aliviar essa dor. Sinto ele comigo o tempo todo. Amo ele demais e não consigo me desligar

Jaqueline Botelho disse...

Perdi meu marido há quatro meses e não consigo aceitar. Ficar sem ele está sendo muito difícil. Ele morreu nos meus braços e não pude fazer nada. Me ajude o que posso fazer pra aliviar essa dor. Sinto ele comigo o tempo todo. Amo ele demais e não consigo me desligar

Espiritualidade disse...

Olá Jobson

Imagino como deve estar sendo difícil para você perder alguém que tanto ama. Nesse momento tenha fé em Deus e a certeza que não está sozinho, o Pai nunca desampara seus filhos e, certamente, junto a você existem espíritos amigos que estão lhe dando colo e enxugando suas lágrimas. Converse com Deus em suas orações, peça que acalme seu coração, que auxilie seu amado nesse momento de transição. Saiba que todos estamos aqui de passagem, temos um tempo para aprender. A Terra é uma grande escola e aqui viemos para ampliar nossos valores morais. Através das relações humanas, vamos nos depurando e evoluindo. A reencarnação é uma grande oportunidade para todos os seres que habitam esse planeta e certamente você e seu amado já estiveram juntos em outras vidas e provavelmente isso acontecerá outras vezes. Por agora, o que ele mais necessita é que ore e acredite que tudo tem sua razão de ser e a partida dele provavelmente, já estava escrita. Siga adiante em sua vida, ela precisa continuar pois você ainda tem muito por viver e fazer. Sei que o preconceito ainda é muito grande, mas as coisas estão mudando e o homem está aprendendo, lentamente, a respeitas o outro. Sofrer, chorar, faz parte do luto, mas o que não devemos fazer é nos desesperar, pois isso faz sofrer quem amamos e partiu.
Tente encontrar um objetivo na sua vida, faça algo de bom em nome daquele que ama, isso irá preencher esse vazio. Quando distribuímos amor, recebemos o mesmo em troca.
Você pode ler os livros de André Luiz psicografados por Chico Xavier! Neles você encontrará histórias parecidas com a que está vivendo e verá que a vida continua do outro lado e que o amor levamos conosco para onde vamos.
Que Deus e os espíritos de luz estejam com você, lhe amparando e dando-lhe muita força.
Fique com Deus e se precisar estarei por aqui.

demesinho santos disse...

Obrigada minha querida sei que ele estar vivo espiritualmente e obrigada pelas palavras lindas se vc conseguir falar com meu filho mim fale viu o nome dele e José Demesio dos Santos filho tinha 13 anos quando morreu dia 02/10/2016 meu zap e 996172038 moro em Maribondo Alagoas

demesinho santos disse...

Estou em um desespero só pq queria ele de volta e bem pertinho de mim mim ajuda gostei muito da suas palavras e gostei muito de vc ,vc pode falar com ele

demesinho santos disse...

Todos os dias mim desespero pensando em sumi disapareser emfim pensamentos de desespero e derrota e medo por não te mas ele...

demesinho santos disse...

Esse demesinhosantos era ele meu filho meu nome e Luciana bjs

Espiritualidade disse...

Olá Jaqueline, que Deus esteja com você!

Às vezes é muito difícil compreender a dor da perda de quem amamos imensamente. Esse sofrimento, essa dor, que parece não ter fim,um dia vai se acalmar e ficará a saudades e as boas lembranças.
Deus nosso pai, na sua infinita sabedoria e bondade, não abandona seus filhos. Como falei para o nosso amigo Jobsom, nunca estamos sozinhos! Junto à você, enxugando as sua lágrimas estão amigos queridos, enviados pelo nosso pai maior, para ajudá-la nesse momento de dor.
Sei que é difícil, mas você precisa ter fé, acreditar que um dia vocês se reencontrarão e que o amor, não acaba com a partida para o mundo espiritual. Este, levamos conosco e quando verdadeiro, perdura por toda a eternidade. Pense como vocês são abençoados, quantos partem daqui deixando inimigos e muito ódio. Seguir para nossa verdadeira casa, levando o amor, amigos,amores, é uma benção. Sei que saudade dói, mas não permita que ela a cegue, tenha fé em Deus e na Espiritualidade maior. Seu desespero não fará bem a ele, sua compreensão o ajudará nessa nova etapa de sua vida. Digo sua vida, pois a morte não existe, ele vive em outra roupagem fluídica. Mas sua consciência está lá, do jeitinho que você o conheceu. Por isso seus sentimento são tão importantes para a adaptação dele nessa nova condição.
Procure ler Kardec:
No Evangelho Segundo o Espiritismos, Kardec baseado em instruções de Espíritos superiores, explica as máximas morais de Jesus, convidando você a vivenciá-la no seu dia a dia.

O Livro dos Espíritos, Kardec faz perguntas aos Espíritos e essas, na maioria das vezes respondem as nossas dúvidas.

O conhecimento é uma arma poderosa contra o desespero. Ele fará você ver que a vida continua, mesmo que você não esteja vendo seu amado. Sua busca por conhecimento, certamente chegará até ele e tenha a certeza que irá ajudá-lo muito. Ver que você está tentando aceitar e compreender o fará também seguir os mesmos passos. Outra coisa muito importante é orar! Todos temos um amigo devotado que está ao nosso lado para nos ajudar nessa encarnação, não esqueça e chamar por ele. Seu anjo da guarda pode ajudar você e seu marido, basta que peça.
Espero ter lhe ajudado de alguma forma.
Fique com Deus e se precisar e só escrever.

Espiritualidade disse...


(demesinho santos), Alagoana querida!

Por mais que eu use palavras de consolação para acalmar seu coração, compreendo sua dor e sou solidária, não é fácil perder um filho amado.
Achamos que o certo na vida é partirmos antes de nossos filhos e essa desencarnação antecipada causa imenso sofrimento. Saiba que apesar de sentir-se só, não está desamparada. Nem sempre conseguimos compreender o desígnios de Deus e as vezes a dor é tão intensa que nos cega a visão. Mas, você precisa encontrar uma razão para continuar sua caminhada e essa deve ser a certeza que seu filho não morreu, ele apenas voltou para nosso verdadeiro lar e com ele certamente levou todo o amor que você o dedicou. Não perdemos pessoas, assim como não se perde o amor semeado no coração. Você poderá se comunicar com ele através de orações. Enviar beijos, abraços,conselhos e incentivo. A prece uni os dois mundos.
Quando a saudade apertar, ore, diga o que sente, que o ama, que sente sua falta e que este amor da a você forças para continuar e aguardar o tão esperado reencontro.
Vocês agora devem seguir adiante, ele no mundo espiritual, você no mundo carnal. Essa evolução em dois mundos pode e deve acontecer ao mesmo tempo. Tenha a certeza que no dia em que se encontrarem, estarão mais fortes e unidos do que nunca.
Tenha fé.
Se puder leia Kardec, o Livro dos Espíritos e o Evangelho Segundo o Espiritismo. Você irá compreender melhor tudo que aconteceu a você e a seu filho. Leia também as obras de André Luiz psicografadas pelo médium Chico Xavier. Nelas você encontrará algumas respostas que irão ver que apesar de toda a sua dor, Deus não lhe abandonou e está ao seu lado através da espiritualidade.
Amiga, vou lhe dá um conselho, tire o seu zap do post que fez em minha página. Nem todas as pessoas possuem coração generoso e você pode acabar tendo problemas com isso.
Segue link, qualquer dúvida envie um email para eespiritualidade@gmail.com

Frequento um centro onde chegam algumas psicografias, mas o telefone toca de lápara cá e nem sempre é possivel a comunicação. Segue link para a página do centro onde você deverá seguir as instruções contidas.
Link da página Servidores de Jesus
psicografia pedido

http://www.servidoresdejesus.org/contato/psicografia/

demesinho santos disse...

Obrigada minha linda jesus te abençoe mas todos os dias estou desesperada e chorando e não entendo nada mas a vida e assim ai vou fazer o que penso tanta besteira e mim desespero so jesus na minha vida bjs com com Deus...

Espiritualidade disse...

Tenha muita calma e não se deixe levar pelos pensamentos ruins. Não sei o que aconteceu ao seu filho, mas com certeza ele deve estar em um lugar de luz. Tudo no mundo é energia e qdo morremos vamos para onde a nossa energia nos leva. O desespero não é bom conselheiro. Vc precisa ter fé e acreditar no Pai maior. Seu menino lhe ama e quer ver você equilibrada. A dor, a saudade, a tristeza, fazem parte do luto. Não permita que o desespero lhe afaste de seu filho, vc precisa estar equilibrada para poder reencontrá-lo na espiritualidade. Energias iguais se atraem, diferentes se repelem. Reze, tenha fé. Escreva para o endereço que lhe enviei, quem sabe vc recebe um mensagem?!
É Deus quem determina o tempo de cada um e isso não é por acaso. Ele nos dá força para passarmos por esses momentos.
Fique com Deus
Acredido em vc e na sua força interior.




demesinho santos disse...

Boa noite minha linda suas palavras mim deixá mas forte jesus te abençoe e os anjos de luz de ilumine obrigada por tantas palavras lindas.Meu filho morreu afogado em uma piscina ecológica de santa tereza em Atalaia Alagoas.Meu desespero e Grande fiquei tão apertada com a morte dele pois só tinha 13 anos ai fiquei gravida agora em fevereiro e perdie meu bebe de 2 meses estou de resguardar estou com 6 dias ainda e só tristeza.não sei como mim escrever mim ensina...bjs fica com Deus

demesinho santos disse...

So choro choro e choro e uma tristeza queria poder ter meu filho de volta mas sei que e impossível não sei o que fazer mim ajuda estou passando por um Vale não sei o que fazer queria tanto mora ai perto de vc ai vc poderia mim ajudar um dia vou ai te conhecer viu na hora da minha tristeza vc mim ajudou

Bia bodoco disse...

Perdi minha vidinha a duas semanas estou mim sentido morta tambem e tanto amor que sinto por ela que nao encontro mas força para continuar mas au mesmo tempo sei que nao posso desisti por que ametade do meu coraçao partiu mas ficou a outra metade que e uma flozinha linda que precisa muito de mim e do amorque sempre sentirei pelas duas mas a dor esta mim acabando

Espiritualidade disse...

Demensinho Santos

Envie um pedido para meu email:

eespiritualidade@gmail.com

Eu enviarei o formulário e as explicações necessária .

Fique com Deus!

Espiritualidade disse...

Olá Bia!

Imagino quanta dor você deve estar sentindo!

Qualquer coisa que lhe diga poderá parecer falacias, porém, quero que acredite que apesar da dor de perder alguém tão importante, Deus não lhe abandonou. Certamente ele colocou ao seu lado seus anjos protetores para que enxuguem suas lágrimas e lhe consolem nesse momento de muito tristeza. Maria mãe de Jesus também sofreu muito com o sofrimento de seu filho e ela em sua infinita bondade acarinhou seu coração e vibra com energias positivas para você. Procure forças para continuar sua caminhada, muitos ainda dependem de você. O amor é o sentimento mais forte que existe e ele ultrapassa barreiras e encurta as distâncias.Use esse sentimento para orar, enviar vibrações positivas. Sofrer, chorar, sentir saudades, faz parte do luto que deve ser vivido. Porém, devemos compreender que a morte não existe e que apenas mudamos de roupagem, mas continuamos a existir, a sentir e a amar. Estamos todos de passagem e um dia tornaremos a nos encontrar, algumas vezes no mundo espiritual, outras na vida terrena usando outro corpo.
A vida as vezes parece muito injusta e não conseguimos compreender o motivo de alguns acontecimentos. A Terra é uma passagem e nela de alguma forma, através de sorrisos e lágrimas aprendemos lições que nem sempre é compreendida por nós, mas são importantes para o nosso crescimento espiritual. Somos crianças diante de Deus e muito teremos que caminhar para subir degraus na escala evolutiva.
Tenha fé, ela remove montanhas e une almas.
Que Deus e os Espíritos de Luz lhe coloquem no colo e lhe acaricie o coração.
Fique em paz e se precisar estarei aqui!!!

demesinho santos disse...

Amém minha linda jesus te abençoe também um grande abraço estou tentando ser forte pois estou com depressão de pânico bjs😚

demesinho santos disse...

Meu email e O nome do meu filho que morreu demesinho@hotmail. Com preciso muito da sua ajuda por Deus queria manda a foto dele olha no se email se eu conseguie

demesinho santos disse...

Olhar sobre o sonho que sonhei hoje estava em uma casa escura e veio uma mulher e disse que tinha algo do mal dentro da minha casa e vomesava a ora Comodo por Comodo ai fiquei assustada
Vc pode mim fala se vc entende sonhos

Espiritualidade disse...

Olá Alagoana ( demensinho)

Eu acho que o mal que está dentro de sua casa é esse sentimento de dor e sofrimento que você está cultivando. Tente melhorar sua vibração, tente orar, ter fé. Chame para jundo de você os Espíritos de Luz, Jesus, Maria (mãe). No mundo tudo é energia e quando cultivamos uma vibração negativa, depressiva. Trazemos para judo de nós, energias que se igualam e junto a ela, espíritos que também são depressivos, tristes e melancólicos. Por isso, estou lhe aconselhando a procurar um lugar de luz para orar, procure um atendimento fraterno. Lá existem pessoas dispostas a lhe ouvir e lhe aconselhar. Não fique só, cultivando essa dor. Não seu a sua religião, mas se for católica, procure um grupo de ajuda da Igreja. Se for Espírita Kardecista, procure o atendimento fraterno de uma casa Espírita.
As pessoas podem lhe ajudar assim como eu estou tentando, mas você precisa fazer a sua parte. Precisa ter fé e desejar ser ajudada.
Seu filho precisa de sua força, de sua fé, de seu amor. Agora você pode ajudá-lo mostrando firmeza, resignação, coragem. Ele sente o que você sente.
Tire esse mal que está dentro do seu coração e ele também sairá de sua casa.
Espero ter lhe ajudado, mas você precisa também se ajudar.
Acredito em você, acredite também!!!
Seja Feliz, você pode e deve!!!

demesinho santos disse...

Obrigada minha linda jesus te abençoe queria muito mora perto de vc pra vc poder mim ajudar mesmo mesmo longe tenho certeza que um dia vou te conhecer,se vc falar com meu filho mim fala viu,mas sei que vc estar mim ajudando muito pois se não fosse Deus e vc eu já estaria morta,pois a vida e curta a dor e sem explicação mas estou aqui todos os dias fico aqui olhando quando vc fala gosto muito de vc que os anjos de luz de proteja e meu nome e Luciana o do meu filho e José Demesio dos Santos filho acredito muito em vc é quaisquer coisa mim fala 😙💋💋

Tatiana Rodrigues Magalhães disse...

Bom dia.
Devolvi meu filho de 3 anos há 32 dias para o Pai. Ele tinha uma doença no intestino e adquiriu uma sepse(infecção) antes de operar pela segunda vez.
Estou sofrendo com a ausência dele, essa saudade que me consome. Estou passando por uma sensação de abandono por parte de algumas pessoas...
Em alguns momentos me vêem um sentimento de culpa por não estar lá na UTI no momento de sua partida, fora inúmeros pensamentos que inevitavelmente brotam, como o de saber se ele sofreu na hora de ir, se onde ele está sente nossa falta e etc. Sou simpatizante da Doutrina Espírita e sei que o tempo dele foi esse. Tenho buscado reunir forças em Deus para suportar. Meus pais, eu e ele éramos muito apegados, pois morávamos juntos, e eles sofrem junto comigo.
Espero poder compreender os propósitos de Deus, e estou buscando melhorar para ser merecedora do nosso reencontro.

Espiritualidade disse...

Olá Tatiana,
Sei a dor que deve estar sentindo. Despedir-se de um filho não é fácil para ninguém, e nos parece incomum pois, o natural na vida é os filhos se despedirem de seus pais e não o contrário. Meus sentimentos!!
Sei que o fato de saber que com o desencarne a vida não se extingue, que não existe morte, não ameniza sua dor e a saudade. É muito difícil superar o silêncio e a ausência daqueles que amamos! A palavra que melhor define esse sentimento é saudade, essa palavra que só existe em nossa língua e que é um sentimento pessoal, só nosso! Essa sensação de abandono que você definiu faz parte do luto, pois não é uma questão de presenças das pessoas é um estado de espírito. Acredite, ela também contribuirá para a cicatrização da sua dor!Não permita, no entanto, que a saudade e o desespero lhe aprisionem. Busque dentro de você forças para recomeçar, um objetivo que lhe dê vontade de acordar e sair para a vida. A Terra é um hospital, onde reencarnamos para curar nossas deficiências morais. Isso ocorre no dia a dia, na rotina da vida, com os amores,com as dores, vamos aprendendo, crescendo e evoluindo. Todos temos um tempo a cumprir nesse mundo, nem sempre esse tempo corresponde a nossa lógica. Uns partem mais cedo, outros mais tarde. Apenas deixamos a roupa física ao fazer a viagem de volta, continuamos a existir do outro lado da vida e um dia você reencontrará aqueles a quem ama, seja no mundo espiritual, ou seja aqui, nesse mundo, com a benção da reencarnação. O importante é que essa terrível perda não a destrua como pessoa e que apesar da dor, você consiga transformar as lágrimas em ação, a dor em coragem.
Você se diz simpatizante da Doutrina Espírita, por isso, com o estudo das chamadas obras básicas da Codificação, encontrará respostas consoladoras, que irão elucidar todas as suas dúvidas. O absurdo de uma morte prematura, os sofrimentos humanos vividos por pessoas boas, encontram respostas nas vidas pretéritas. Em um planeta de provas e expiações como a Terra, reencarnam espíritos que guardam graves compromissos com as leis divinas, exigindo assim reparações em vidas futuras.
Você diz que em alguns momentos lhe vem um sentimento de culpa por não estar na UTI no momento do desencarne de seu menino! Muitas das vezes os Espíritos que nos auxiliam no momento do desencarne ( sim, porque quando desencarnamos temos à nosso lado espíritos encarregados de nos auxiliar nesse momento, da mesma maneira como temos várias pessoas ao redor quando do nosso nascimento) procuram afastar de perto de alguma maneira, quando permitido, àqueles que podem transformar esse desencarne em algo mais doloroso por causa do apego! Tenha certeza que ele não foi sozinho, foi acompanhado por espíritos amigos que o auxiliaram naquele momento!
Quando o ser volta ao outro lado da vida, ele continua ligado a nós pelos laços afetivos e, por isso, nossos sentimentos e pensamentos, chegam até eles. Quando esses pensamentos são de saudades, tristes porém não desesperados, servem de alento, de consolo. Por isso tente não se desesperar, tente enviar-lhe esse amor que sente através de seus pensamentos e quando a dor lhe apertar o coração, faça uma oração e peça aos Espíritos de luz que fiquem ao lado dele. Peça por você, que acalme seu coração e lhe ajude a aceitar com resignação. Entregue ao Mestre suas melhores vibrações, ele se encarregará de enviar a quem você ama, lembre-se recebemos o que doamos.
Gostaria de lhe sugerir uma leitura que irá ajudar a compreender toda essa relação entre pais e filhos: Nossos Filhos São Espíritos de Hermínio C Miranda da editora Lachâtre.

Fique com Deus!


Nando De Souza Silva disse...

Meu amigo, que seria meu compadre, padrinho do meu filho, faleceu hoje, e estou muito mal, Sentindo tanto a falta dele. Ele descobriu que tinha câncer de fígado a uns 20 dias, e hoje dia 04/05/2017 faleceu. Como ele deva está agora? Nem acredito que ele se foi...

Marianne Silva disse...

Boa noite. Minha mae faleceu dia 16 de dezembro, quatro dias antes do aniversario do meu filho de 3 anos. Eu ligava para ela de noite, para saber se estava bem e ela nao atendia. Peguei meu carro e fui até sua casa, com a sensação de que algo tinha acontecido. Quando cheguei la, eu a achei, caída no chao, com o telefone. Acho que passou mal antes de tomar banho. Eu carrego uma culpa porque fiquei mais de uma hora ligando e nao fui logo ate la. Me pergunto se eu tivesse chegado antes, se ela estaria viva.
Tambem penso muito que, na vespera de tudo, eu liguei para ela e agradeci por tudo que ela havia feito por mim. Minha cabeca está cheia de perguntas, por que eu liguei um dia antes para ela e agradeci por tudo. Era uma despedida?
Essa dor me consome, nao tenho irmaos, vivi a vida toda ao lado dela. Quando era menor, eu pedia a DEus que eu morresse no mesmo dia que ela,tamanho era o meu amor.
Como faco para entender e aceitar isso? Por que a vida acaba de repente? Ela era jovem, esta muito feliz.
Um mês antes, eu viajei e chorei nos bracos, com medo de deixa-la sozinha. ela me disse que nao iria morrer tao cedo e ria. Me ajude,nao consigo aceitar. Ela era minha vida

demesinho santos disse...

Bom dia!eu sonho com meu filho todos os dias o que pode ser ele tinha 13 anos quando morreu afogado uma morte que até hoje não entendo mim ajude a entender

demesinho santos disse...

Ja não sei o que fazer com tanta dor e sonho com meu Filho todos os dias ele morreu estar com 6 meses

Iran disse...

Oi
Estou com um pressentimento de que a hora para minha passagem e está próxima. Porém não me sinto preparado. Tenho muito afeto pelos meus filhos que ainda são crianças e também pela minha companheira. Peço a Ele que tenha um pouco mais de "paciência". A gente só entende o valor da vida, quando está prestes a perde-la

Anônimo disse...

Perdi minha filha a dois meses seus dias uma hora e treze minutos não estou conseguindo aceitar o desespero está mim dominando ela tinha apenas catorze anos não e justo quero minha vidinha do meu lado nossa ligação era além de mãe e tinha não consigo explicar é como é como fosimos uma única pessoa mesmo gosto,geito,perssonalidade em tudo,mas não tenho o direito de desisti porque tenho mais uma filha uma florzinha linda muito carinhosa e apegada a mim eu amo com todo meu coração.

Espiritualidade disse...

Olá Iran,
Imagino como deve ser difícil a situação que está vivenciando. Como espírita sei que a morte não existe, lido com espíritos no centro que frequento e leio tudo que posso a respeito do assunto. Ainda sim, me preocupo e fico apreensiva com a certeza de minha partida um dia. Por isso, sei que não deve ser fácil ter essa certeza. O medo do desconhecido, a preocupação com o futuro dos seus, a certeza da saudade, enfim, tudo é muito compreensível. Tentando me colocar no seu lugar, não sei de verdade como reagiria, mas pensando por agora, eu procuraria ler sobre o assunto, aprender o máximo possível e aparar todas as arestas, resolver todos os problemas que poderiam me preocupar do outro lado. Sei que nem tudo é possível de ser racionalizado. Porém acho que isso iria me deixar mais tranquila. Gostaria que soubesse que acredito sinceramente que ninguém pode ter a certeza do dia da partida, mesmo que seja diagnosticado por um médico, isso pertence a Deus e aos Espíritos de luz, ninguém pode ter certeza. Viva intensamente sua vida, aproxime-se das pessoas que ama, curta cada momento e tente não pensar na morte. Você está vivo, aproveite!
Seja o mais feliz possível e faça os outros felizes.

Espiritualidade disse...

Sou mãe de três meninas e sei que cada filho é único, um não substitui o outro. Sinto muito pelo que lhe aconteceu, existem desígnios na vida que não conseguimos entender e são muito difícies de serem aceitos. Compreendo a sua dor!
Como espírita que sou, sei que a resposta para tudo o que acontece em nossas vidas, está nas outras vidas que vivemos aqui na Terra. Por isso, certas coisas ficam sem resposta imediata. Acabamos achando que houve algum erro, que não merecemos certos sofrimentos´, que tudo é uma grande injustiça, que Deus nos abandonou e outros sentimentos que até fazem sentido se pensarmos no tamanho de nossa dor. Mas, precisamos acreditar que Deus é pai e ele não faria nada que fosse para o nosso mal. Ele não nos abandonaria a própria sorte. Sei que é difícil pensar por esse lado, mas a morte prematura pode significar que a mesma não tinha muito a resgatar, por isso foi, voltando mais cedo para a pátria espiritual. São muitas as explicações que podem ser dadas, sem a certeza do real motivo. Porém, o que pode realmente ajudar a passar por algo tão difícil é a fé, a certeza do amor e da oportunidade que o pai dá a todos os seus filhos de evoluir sempre, mesmo que seja através da dor da perda. Pare e tente tirar dessa dor uma coragem de seguir adiante e em nome desse amor, ajudar outras pessoas. Isso sempre nos ajuda a ver que juntos somos mais fortes, diminui a solidão.
Todos nós já vivemos vários personagens na vida carnal, hoje você foi a mãe dessa doce menina e certamente em outras vidas, já viveram outros personagens. Acredite que um dia você voltará a encontra-la; a morte não existe e certamente ela irá continuar a caminhada no mundo espiritual e você deve continuar a sua aqui na Terra. Vocês podem fazer essa trilha juntas, cada uma em sua dimensão. Não perca essa oportunidade. Sua coragem, sua força pode ajudar sua filha, enquanto sua apatia e tristeza pode paralisa-la. Caminhe em uma estrada de flores, fé e caridade. Lembre-se que " fica sempre um pouco de perfume, nas mãos que oferecem rosas, nas mãos que sabem ser generosas"
Fique com Deus e seja feliz!!