quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Homenagem a Tragédia em Santa Maria - Dawn- Mad'C

10 comentários:

Indara Saccilotto disse...

Muito bonito! Ótima música, letra, melodias e cantoras/músicas. Parabéns. Vocês tem que divulgar mais...grande talento.

Alexandra.C disse...

Boa noite!
Meu nome é Alexandra e há quinze dias uma pessoa muito especial fez a sua passagem após ter sido assassinado,porém só soube ontem,pois estava achando estranho que não estava conseguindo falar no celular dele,então resolvi buscar na internet o número do telefone da delegacia onde ele trabalhava e entrou uma reportagem com a notícia do seu falecimento fiquei estarrecida,perdi o chão e não acreditei no que estava lendo e o que mais me impressionou é acabei indo na minha caixa de mensagens e vi que havia mandado uma mensagem uma hora e meia antes dele fazer a passagem e fiquei me perguntando será que naquele dia eu estava sendo usada para tirá-lo de onde estava e não consegui,pois quando eu ligava ou mandava mensagem ele não exitava é sempre largava tudo para estar ao meu lado,fiquei me perguntando se eu tivesse ligado dia antes,será que isso não teria acontecido por que Deus não me deu a oportunidade de ajudá-lo e depois várias outras perguntas foram se formando como por que demorei quinze dias para saber o que havia acontecido?Nao tive a oportunidade de ir ao seu velório e nem em sua missa de sétimo dia.Ele foi assassinado dia 26/02 às 22:00hrs e eu havia enviado uma msg pra ele as 20:37 ou seja uma hora e 23 min antes da sua passagem.Ele tinha vindo me ver no dia 22/02 agora fico me perguntando se ele veio se despedir de mim,não consigo parar de pensar nele,sei que não devo chorar para que ele descanse em paz,mas a dor é grande.Será que consigo saber se ele está bem?

Alexandra.C disse...

Gostaria de resposta sobre o que perguntei como faço para ver?

Espiritualidade disse...

Oi Alexandra, desculpe não ter lhe respondido antes, mas fiquei sem computador.
Você diz que sempre estavam se falando, que isso era comum devido à proximidade de vocês, então não fique se questionando sobre o desencontro daquele dia fatídico. Nada nessa vida acontece por acaso, ou sem querer. Essas perguntas, essa dúvida, só lhe deixa angustiada, triste e melancólica. Agora o que você pode fazer por ele, é rezar e pedir que seja ajudado pelos espíritos de luz. Caso freqüente algum Centro, coloque o nome dele nas preces, isso pode ajudá-lo caso esteja desorientado. Alguns espíritos, devido à morte violenta, ficam sem saber o que realmente aconteceu, e nesse caso, a oração é a melhor coisa que podemos fazer.
Se equilibre, não se culpe e siga adiante. Perder aqueles que amamos, realmente não é fácil. Chorar, sentir saudades, faz parte do luto. O que não deve é se desesperar, isso poderá fazer mal a ele e também a você. Agarre-se a sua fé, e creia que não estamos sós e que tudo nessa vida tem um propósito, mesmos que não saibamos qual a finalidade do que estamos passando, tenha a certeza que não é por acaso. Seu amigo cumpriu o seu tempo e agora ele precisa seguir outro caminho. Se você freqüenta algum centro, coloque o nome dele para preces, ele precisa muito disso. Normalmente mortes violentas deixam alguns espíritos desorientados e a prece será o melhor presente nesse momento. Ele precisa de um tempo para se adaptar. Você também deve procurar ajuda para aceitar o que aconteceu. Nada acontece em nossa vida sem ter um motivo, e com seu amigo certamente não foi diferente. Reencarnamos para apararmos arestas, resgatarmos dívidas e com isso evoluir. Quando passamos para o outro lado, levamos na bagagem, às benfeitorias, o amor, a amizade. É nisso que agora você deve pensar, na grande amizade que tiveram, e não deixe que outros sentimentos menores tomem conta do seu coração. Esqueça o resto e agarre-se com Deus, siga a diante e viva o que você tem que viver. Sua vida continua e você tem a obrigação de ser feliz. Fique em paz!

Aline disse...

Boa tarde. Meu pai estava sofrendo de depressão à 3 anos e acabou tirando a própria vida ,ele se enforcou.Me sinto culpada por não ter tentando ajudá lo mais.Ele era acompanhado por psiquiatra e tomava medicamentos. O que acontece com quem se suicida?

Aline disse...

Boa tarde. Meu pai estava sofrendo de depressão à 3 anos e acabou tirando a própria vida ,ele se enforcou.Me sinto culpada por não ter tentando ajudá lo mais.Ele era acompanhado por psiquiatra e tomava medicamentos. O que acontece com quem se suicida?

Espiritualidade disse...

Oi Aline,
Sinto muito pelo que aconteceu com o seu pai. Sei como é difícil perder quem amamos, principalmente de forma tão traumática. Não se culpe, acredito que tenha feito tudo o que foi possível no caso dele. Normalmente as pessoas com depressão apresentam duas características: O egoísmo e a agressividade. Egoísmo, por crer que sua dor é a maior do mundo e a agressividade voltada para si próprio, por isso o suicídio. Eles estão tão concentrados em seus problemas que não pensam que seus atos irão fazer sofrer os que irão ficar.
Não adianta você ficar pensando no que seu pai está, ou irá sofrer no mundo espiritual, tudo é muito relativo, cada caso é um caso diferente, existem agravantes e atenuantes. Cada um segundo suas obras. O que você pode e deve fazer é rezar ao anjo de guarda do seu pai.Peça para que ele o ajude nesse momento de transição. Que esteja ao lado dele, dando-lhe forças para que consiga compreender tudo o que está acontecendo e que lute para conseguir se reerguer. Deus é pai, e não abandona seus filhos. Todos, independente do que tenham feito aqui na Terra, terão oportunidade de se arrepender e de recomeçar. Só que alguns, levam um tempo maior do que outros para aprender a andar com as próprias pernas. Mas, assim que estiverem prontos será dada a eles uma nova chance. Reze com afinco para os espíritos de luz, evite chamar pelo seu pai nesse momento. Ele talvez esteja ainda perturbado e não terá condições de compreender e isso poderá não ajudá-lo. Já os espíritos protetores, poderão através de passes e de oração, efetivamente ajudar o seu pai.
Siga em frente, a vida continua.
Não se pode voltar e fazer um novo começo, mas todos podem recomeçar e fazer um novo fim. ( Chico Xavier)

Anônimo disse...

Olá meu nome é clayton... pesso sua ajuda em nome de um grande amigo que perdeu seu filho com 2 aninhos em uma tragédia hj ele se culpa e culpa seus familiares pela morte da criança... existe morte antes da hora? Existe hora certa ? Ajuda os

Espiritualidade disse...

Sinto muito pelo seu amigo Clayton, perder quem amamos não é fácil e perder um filho é uma imensa dor.
É normal procurar culpados para algo que parece não haver justificativas plausíveis. Seu amigo está em desespero e mesmo para aqueles que possuem estudo espírita, não é fácil aceitar a morte de um filho. A verdade é que nós somos seres espirituais, que ocupamos corpos físicos por um tempo determinado por Deus, para nossa evolução moral. Todos temos um tempo, para cumprirmos aqui o que propomos ou o que nos é proposto. Quando esse tempo termina, nós voltamos ao nosso verdadeiro lar.
O livro dos Espírito trata na pergunta 853 que não há como escaparmos da hora de nossa morte. Quando não é chegada a hora, sempre algo acontecerá que evitará a passagem. Nesse mundo não cai uma folha da árvore se não for pela vontade de Deus.
Seu amigo não deve se culpara pelo falecimento do filho, alguns espíritos vem a Terra por curto período, apenas para algum resgate que pode ser para si ou para outro.Costumamos olhar para a criança como um ser indefeso e inocente, e ele o é aqui encarnado. Só que todos nós somos espíritos que vivemos várias vidas e acabamos por trazer resgates que devemos cumprir.
Imagine um colégio em que você passa em quase todas as matérias! Você fica em dependência! Assim é o resgate, você retorna para cumprir a matéria que não conseguiu terminar, após isso, você irá progredir normalmente, é isso que acontece com as crianças que desencarnam precocemente.
Não sei como aconteceu o desencarne dessa criança, mas é muito comum, por exemplo, quando se perde um filho por doença, achar que não se fez todo o possível para salvá-la, não entendemos que dela, era chegada a hora e nada poderíamos fazer a mais.
Espero ter ajudado, fique com Deus!

Maiara FM disse...

Oi perdi meu pai a 17 dias , é muito difícil aceitar essa situação ainda mais meu pai q era uma pessoa muito boa tanto de coração como pessoas ..
Ele morreu aos 56 anos de câncer descobrimos em um sábado ele durou só 7 dias foi muito rápido ele não tinha nada e derepente câncer um linfoma raro .. espalhou pra o corpo todo ele foi p UTI no mesmo dia dá descoberta e não durou 7 dias ..
Minha preocupada é saber como ele deve ta se ele aceitou a morte ..
Por que eu não aceitei q ele se foi meu pai era uma pessoa muito pela família ele foi UTI dizendo q ia voltar q ia me levar ao médico q estou grávida tava feliz e preocupado comigo ao mesmo tempo , essa dor parece q não vai ter fim .. Não entendo nada sobre o esperaríamos só queria intender