sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Intervenção dos Espíritos no Mundo Corporal


Meu avô dizia que se pudéssemos ver os Espíritos, ficaríamos surpresos, pois, veríamos que eles estão por todo canto, nas esquinas, nas calçadas, em nossa casa, nos bares, andando ao nosso lado e muito mais. No Livro dos Espíritos, Allan Kardec, no capítulo IX, refere-se ele a Intervenção dos Espíritos no mundo corporal, nele vemos que os espíritos, como dizia meu avô, podem conhecer até os nossos pensamentos mais profundos e quando nos julgamos sozinhos, nem percebemos que ao nosso lado podem estar muitos espíritos nos observando. Por isso temos que nos manter sempre atentos, com relação a nossa vibração espiritual, devemos procurar ter pensamentos positivos, os sentimentos mais puros, para que não sejamos influenciados por espíritos, malfazejos, brincalhões e até malvados, que levianamente zombam de nossos medos, inseguranças, impaciência, Já os Espíritos evoluídos, nos ajudam e sentem pena de nossos sofrimentos. Somos também influenciados em nossos pensamentos e atos. Temos que pensar que somos Espíritos iguais a eles, a diferença é que estamos encarnados, mas em nossa ligação espiritual, recebemos influencias e em muitos casos, alguns são até guiados por eles. Kardec nos diz que podemos tentar diferenciar os pensamentos próprios dos sugeridos, normalmente estamos sempre às voltas com vários pensamentos a respeito de algum assunto, por isso é tão difícil distinguir o que veio da sua mente ou que lhe foi influenciado, normalmente quando você tem a impressão que alguém lhe intuiu na decisão é bom prestar atenção. Espíritos bons não lhe intuem em atitudes erradas, temos que saber diferenciar o certo do errado e isto basta.
Na verdade, temos a nossa essência, se ela for boa, não há o que temer, mas se não for, certamente teremos ao nosso lado seres que mesmo já tendo desencarnado, não mudaram o que eram quando encarnados, para estes quanto mais outros errarem melhor, eles são infelizes e querem companhia. Temos livre arbítrio, e os espíritos também, por isso Deus nos permite escolhas, cabe a nós decidir que caminhos iremos seguir, se você tiver pensamentos maldosos, impiedosos, invejosos, quem acha que irar ser sua companhia, os iguais se atraem. Quando Jesus disse orai e vigiai, significa que temos que estar sempre alerta, vigiando nossos pensamentos para não baixarmos a freqüência que nossas vibrações.
Às vezes nos sentimos angustiados, sem motivo aparente e ficamos pensando porque estou me sentindo assim? Podemos estar sendo influenciado por alguns Espíritos, também durante a noite, temos que pedir para que ao dormir tenhamos boas companhias. Quando dormimos, nosso Espírito se liberta e pode ter ao seu lado, péssimas influências.   
Olhando para tudo isso, parece que não temos muita saída, que estamos perdidos, sem ter para onde fugir, mas, na verdade, basta que façamos à escolha certa e tenha a certeza de que sempre sabemos o que é o certo, e quando tomamos uma decisão, ouvimos uma voz no fundo de nossa alma que nos alerta que estamos partindo para  o erro. Só que às vezes não damos ouvidos a essa voz. Pare, pense e decida, você é o seu maior inimigo. 

Texto de Ana Maria.

Se você me disser sobre os lugares que gosta de freqüentar, com segurança e rapidamente, posso dizer muito sobre você. Alguns gostam de lugares iluminados, outros de lugares sombrios. Uns se dão bem na limpeza, outros, coitados!... No reino animal também acontece este fenômeno da preferência. As abelhas freqüentam as flores. E as moscas?!... As abelhas nos dão mel. As moscas, doenças. Que haja muitos jardins para você se sentir feliz.
 Hermógenes Autor de Mergulho na Paz Livro: Deus investe em você

3 comentários:

joão victor borges disse...

Bem legal, deve ser bem esclarecedor aos que seguem esse tipo de crença e entendem.

Abraço! ;)

http://anpulheta.blogspot.com

saudeecompanhia disse...

Poucas pessoas entendem assim e acreditam.
Sucesso com o blog!

Espiritualidade disse...

Obrigada.